Páginas

segunda-feira, 13 de março de 2006

Carne e unha, alma gêmea, bate coração...

Carne e unha, alma gêmea, bate coração...


Fiquei órfã de novela essa semana, e é estranho até, depois de quase 8 meses viciada em ver um programa todos os dias as 18h e ele acabar. Mas sobrevivi. Hehehe!!!

Pois é, eu era viciada na novela Alma Gêmea, e a achei a novela linda e divertida ao mesmo tempo, ria muito com aquele núcleo da vila (pensão, Olívia e família) e do sítio (Ô Mirrrrrrrrrnaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!).

Apesar de muitas maldades que rolaram, mas não é só na ficção acontece, infelizmente, o bem venceu no final.
E não venham me dizer que só porque Rafael e Serena morreram que o bem perdeu. Quantas pessoas ficaram vivas e felizes, mesmo 15 anos depois de todo aquele tumulto? O casal principal morreu para fazer valer o tema principal da novela era um amor de outras vidas, que é realmente eterno. Não é só de corpo, é de alma mesmo. O amor venceu.
Achei muito lindo quando eles dois seguiram de mãos dadas rumo ao outro plano e passou como um filme de várias outras vidas deles, sempre lado a lado, e o reencontro na atualidade: em plena cidade de São Paulo, em 2006, ainda crianças, se reencontraram, e pode ter certeza que daria mais uma novela, depois desse novo encontro.




Fiquei pensando como é lindo o amor, fiquei tentando imaginar se eu e Con já nos encontramos em outras vidas, o que éramos um do outro, como seremos na próxima. Ai ai... Tô tão romântica.

Agora com o fim da novela, fiquei com mais tempo livre, e quero dedicá-lo à atividade física, tanto que hoje já fui pra capoeira no gás total e quero ver se essa semana retomo minha caminhada, e quando tiver no pique de verdade, volto com a corrida.

Beijossssssssssss.

Nenhum comentário: