sexta-feira, 27 de julho de 2018

Desafios no Whats app

Já ouviram falar dos desafios que tem rolado no whats app? Acho que tem de tudo quanto é assunto. Deixa eu explicar do começo: amo o instagram (minha rede social preferida) e fuxicando por lá, achei um (@jardim_consciente) sobre Mindfulness e tava lançando um desafio por um preço muito bom chamado "30 dias sem estresse" e resolvi participar, pois andava muito estressada e sabia que isso tava afetando minha saúde (fiquei 50 dias de licença médica, sem voz e ia voltar a trabalhar e não queria passar por tudo de novo). Resolvi tentar. E foi a melhor coisa que fiz por mim, sem sombra de dúvida. A orientadora/mentora é a Neusa Tamaio (Aquela que fui a caminhada do Jardim Botânico, que postei aqui no dia 03/07), super capacitada e um amor de pessoa. Conheci o Mindfulness, pratiquei por 30 dias orientada por ela, e agora já adicionei à minha rotina matinal e não quero saber de outra vida. Quem quiser participar, ela sempre abre turma, procura por ela no insta.




Depois, também descobri no Instagram (@monique.sa_terapeuta) um outro desafio que ia começar antes do anterior acabar, mas como não queria ficar "sozinha", resolvi aderir, até porque esse era de graça. Eu não sabia muito o que esperar dele, mas resolvi tentar de qualquer forma. Esse se chama "30 dias para despertar" e super recomendo também (ela abriu outra turma, mas agora é pago, mas o preço é muito justo), onde fazemos atividades de acordo com o livro "O milagre da manhã", algumas do livro, outras criadas por Monique, mas que estão de acordo com os ensinamentos do livro e todas foram maravilhosas demais. Fazemos uma viagem dentro de nós mesmas, e o conhecimento e crescimento pessoal foi recompensador. Sem falar que a Monique é super solicita, responde tudo logo, dá atenção no privado, uma pessoa incrível. Mega recomendo!




E, também pelo instragram (@danimilagres), descobri um de emagrecimento que vou começar em poucos dias e depois falo o que achei dele. Se alguém quiser me fazer companhia lá, só entrar lá e falar com ela.




Beijosssssssssssssssss
┌──»ʍi૮ђα 

terça-feira, 24 de julho de 2018

Autores preferidos: Lauren Blakely

Big rock: Spencer e Charlotte são amigos desde a faculdade e sócios num bar. O pai de Spencer vai vender a joalheria da família é a fama de pegador dele ta atrapalhando o negocio com um senhor caretão e num jantar de negócios entre as famílias, Spencer diz que esta noivo de Charlotte. Ele a convence a fingir por uma semana que estão noivos, e ela topa pra se livrar do ex que fica pegando no seu pé. Eles não precisaram nem de 1 semana para ver que se amam. Bem previsel, porem muito bom de ler. Hot na medida.

Sinopse: A maioria dos homens não entendem as mulheres. Spencer Holiday sabe disso. E ele também sabe do que as mulheres gostam. E não pense você que se trata só de mais um playboy conquistador. Tá, ok, ele é um playboy conquistador, mas ele não sacaneia as mulheres, apenas dá aquilo que elas querem, sem mentiras, sem criar falsas expectativas. “A vida é assim, sempre como uma troca, certo?”. Quer dizer, a vida ERA assim. Agora que seu pai está envolvido na venda multimilionária dos negócios da família, ele tem de mudar. Spencer precisa largar sua vida de playboy e mulherengo e parecer um empresário de sucesso, recatado, de boa família, sem um passado – ou um presente - comprometedor... pelo menos durante esse processo. Tentando agradar o futuro comprador da rede de joalherias da família, o antiquado sr. Offerman, ele fala demais e acaba se envolvendo numa confusão. E agora a sua sócia terá que fingir ser sua noiva, até que esse contrato seja assinado. O problema é que ele nunca olhou para Charlotte dessa maneira – e talvez por isso eles sejam os melhores amigos e sócios. Nunca tinha olhado... até agora.


Mister O: Nick é o desenhista do Mister O, uma tirinha que virou um programa de sucesso na TV e melhor amigo de Spencer (do livro Big Rock) e quebra um trato dos dois de não encostar em sua irmã, Harper, quando se apaixona por ela. Eles se envolvem numa 'brincadeira', onde ele topou ser seu professor de sedução, ao ajudá-la com o seco masculino sem se embaralhar toda e acabaram se apaixonando. Fofo, hot, muito bom de ler. Adorei!

Sinopse: Nick Hammer tem a vida que todo cara sempre sonhou: dinheiro e mulheres lindas aos seus pés, que não esperam nada em troca além do melhor sexo de suas vidas. E tudo isso graças ao seu personagem, Mister Orgasmo, que saiu das páginas dos gibis para ganhar um programa na televisão. Agora Nick se tornou o mentor sexual de homens ao redor do mundo e o objeto de desejo de todas as mulheres. Para para Nick, e seu alter ego Mister O, a receita é simples: dar prazer, sempre! Mas tudo isso pode estar em risco quando um pedido acontece. Harper, A irmã de seu melhor amigo, Spencer Holiday, também quer aprender as valiosas lições de Nick e Mister O. Harper é divertida, inteligente, linda e irresistivelmente sexy. E lutar contra o desejo de ter ela em sua cama será o pior pesadelo de Nick. Mister O vai conseguir “salvar” essa mocinha e ainda não ferrar a relação com o seu melhor amigo? Um romance divertido, leve, sexy e que vai arrancar suspiros dos leitores. Afinal, não dizem que o amor e a amizade andam lado a lado? Talvez eles até possam dormir na mesma cama.


Beijosssssssssssssssss
┌──»ʍi૮ђα 

terça-feira, 10 de julho de 2018

Autores preferidos: Sarah Jio

As violetas de março: Uau! Não conseguir parar de ler até terminar. Lembra os livros da Jojo: passado e presente te se fundem de uma maneira divina. Emily vai visitar sua tia Bee em Bainbridge Island, e recebe um diário escrito em 1943, que conta sobre uma história da sua família, que é fascinante e linda. Lá, reencontra pessoas que fizeram parte dos verões da sua infância e conhece Jack, um lindo pintor. Não quero dar spoiler, então leia. Amei demais!!

Sinopse: Emily Taylor é uma mulher jovem e escritora de sucesso, mas não gosta muito de seu próprio livro. Também tem um casamento que parece ideal, no entanto ele acabará em divórcio.Sentindo que sua vida perdeu o propósito, Emily decide fazer as malas e passar um tempo em Bainbridge — a ilha onde morou quando menina — para tentar se reorganizar. Enquanto busca esquecer o ex-marido e, ao mesmo tempo, arrumar material para um novo — e mais verdadeiro — livro, um antigo colega de escola e o namorado proibido da adolescência tornam-se seus companheiros frequentes. Entretanto, o melhor parceiro de Emily será um diário da década de 1940, encontrado no fundo de uma gaveta. Com o diário em mãos, Emily sentirá o estranhamento e a comoção causados pela leitura de uma biografia misteriosa que envolve antigos habitantes da ilha e que tem muito a ver com sua própria história. Assim como as violetas que desabrocham fora de estação para mostrar que tudo é possível, a vida de Emily Taylor poderá tomar um rumo improvável e cheio de possibilidades. As Violetas de Março é um romance sobre a força do amor, sobre as peças que o destino prega e sobre como podemos ser felizes mesmo quando tudo parece conspirar contra a felicidade.

Neve na Primavera: Vera é uma moça pobre que se apaixona pelo rico Charles e engravida dele, em 1930. Daniel é fruto desse amor. Uma nevasca inesperada e o sumiço do pequeno Daniel aos 3 anos de idade devastam Vera para sempre. 80 anos depois, a neve cai novamente fora de época, na mesma data, e a repórter Claire investiga o caso curioso em busca de uma história pra o jornal da família do seu marido, Ethan, onde ela trabalha. Nesse meio tempo ela vai a Bainbridge Island, encontrar sua amiga de faculdade, Emily, que mora na ilha com Jack e sua tia Bee (os mesmos personagens de As violetas de março). Gente, é muito amor. Não consigo nem explicar. Livro maravilhoso demais. Está na lista dos meus favoritos.

Sinopse: Seattle, 1933. Vera Ray dá um beijo no pequeno Daniel e, mesmo contrariada, sai para trabalhar. Ela odeia o turno da noite, mas o emprego de camareira no hotel garante o sustento de seu filho. Na manhã seguinte, o dia 2 de maio, uma nevasca desaba sobre a cidade. Vera se apressa para chegar em casa antes de Daniel acordar, mas encontra vazia a cama do menino. O ursinho de pelúcia está jogado na rua, esquecido sobre a neve. Na Seattle do nosso tempo, a repórter Claire Aldridge é despertada por uma tempestade de neve fora de época. O dia é 2 de maio. Designada para escrever sobre esse fenômeno, que acontece pela segunda vez em setenta anos, Claire se interessa pelo caso do desaparecimento de Daniel Ray, que permanece sem solução, e promete a si mesma chegar à verdade. Ela descobrirá, também, que está mais próxima de Vera do que imaginava.

O bangalô: Anne está noiva e em dúvida sobre o seu amor. Kitty, sua amiga de infância se alistou para ser enfermeira na guerra e Anne decidiu fazer o mesmo, em busca de respostas paras suas incertezas na vida. Elas foram para Bora Bora, uma ilha paradisíaca e conheceu o soldado Wresty. O bangalô era o cantinho de amor dos dois em meio à guerra. Ao deixarem a ilha, cada um para o seu lado, suas vidas nunca mais foi a mesma. Uau! Que livro! Um dos meus favoritos e ver. Lindo de viver!

Sinopse: Verão de 1942. Anne tem tudo o que uma garota de sua idade almeja: família e noivo bem-sucedidos. No entanto, ela não se sente feliz com o rumo que sua vida está tomando. Recém-formada em enfermagem e vivendo em um mundo devastado pelos horrores da Segunda Guerra Mundial, Anne, juntamente com sua melhor amiga, decide se alistar para servir seu país como enfermeira em Bora Bora. Lá ela se depara com outra realidade, uma vida simples e responsabilidades que não estava acostumada. Mas, também, conhece o verdadeiro amor nos braços de Westry, um soldado sensível e carinhoso. O esconderijo de amor de Anne e Westry é um bangalô abandonado, e eles vivem os melhores momentos de suas vidas... Até testemunharem um assassinato brutal nos arredores do bangalô que mudará o rumo desta história. A ilha, de alguma forma, transforma a vida das pessoas, e este livro certamente transformará você.





A última camélia: conta a história de 3 mulheres (Lady Ana, a babá Flora e Addie ), em 2 épocas diferentes, todas ligadas pela Mansão Livinston e pela paixão pelas flores e pela fascínio pela Camélia. Me surprised ok suspense no micro e amei demais, pois adoro descendant mistérios e esse for bom. Sarah Jio é muito incrível e para mim está ao lado da Jojo Moyes na minha lista de autoras de romance preferidas. Perfeito demais!!!


Sinopse: Às vésperas da Segunda Guerra Mundial, o último espécime de uma camélia rara, a Middlebury Pink, esconde mentiras e segredos em uma afastada propriedade rural inglesa. Flora, uma jovem americana, é contratada por um misterioso homem para se infiltrar na Mansão Livingston e conseguir a flor cobiçada. Sua busca é iluminada por um amor e ameaçada pela descoberta de uma série de crimes. Mais de meio século depois, a paisagista Addison passa a morar na mansão, agora de propriedade da família do marido dela. A paixão por mistérios é alimentada por um jardim de encantadoras camélias e um velho livro. No entanto, as páginas desse livro insinuam atos obscuros, engenhosamente escondidos. Se o perigo com o qual uma vez Flora fora confrontada continua vivo, será que Addison vai compartilhar do mesmo destino?



Beijosssssssssssssssss
┌──»ʍi૮ђα 

terça-feira, 3 de julho de 2018

Jardim Botânico: Mindfulness / Atenção Plena e Festa Junina

No domingo, 24 de junho, fui com minha irmã ao Jardim Botânico para um encontro com a Neusa, mentora/organizadora de um grupo de Mindfulness que estou participando, (depois vou fazer um post falando mais a respeito) e foi maravilhoso.



Fizemos uma caminhada silenciosa, com algumas paradas onde ela nos dava orientações e explicava técnicas a serem feitas, e foi de uma paz tão tremenda, tão maravilhoso. Sabe quando você sai totalmente renovada e feliz do lugar?




Depois, eu e minha irmã almoçamos por lá e demos umas voltas para tirar umas fotos (não podia tirar durante a caminhada, justamente para mantermos a atenção plena que o mindfulness prega.



Obs.: Quem quiser conhecer o trabalho da Neusa, tem facebook Jardim Consciente e instagram: @jardim_consciente.

Mais tarde, fomos a Festa Junina da Igreja do bairro em família. Bom demais! A felicidade está nas pequenas coisas.



Beijosssssssssssssssss
┌──»ʍi૮ђα