sábado, 30 de dezembro de 2017

Livros & Filmes: dezembro 2017



Assassinato no Expresso Oriente: Resolvi reler todos os livros da Agatha e comei por esse que adoro. Um caso do Poirot (sem o Hasting) que se passa num trem onde um assassinato é cometido e todos são suspeitos. Doida para ver o filme.

Sinopse: É perto da meia-noite quando a neve acumulada sobre os trilhos interrompe a jornada do Expresso Oriente, o mais famoso e luxuoso trem de passageiros do mundo, que liga a Ásia à Europa. A bordo, milionários, aristocratas, empregados – e um assassino. Porém, no mesmo vagão encontra-se ninguém menos que Hercule Poirot. Caberá ao meticuloso detetive investigar todos os passageiros e descobrir a identidade do ousado criminoso. Agatha Christie propõe um fascinante enredo nos moldes do clássico subgênero do “locked room” (“mistério do quarto fechado”), em que o crime ocorre num local isolado, e a suspeita recai sobre todos os presentes. Publicado em 1934, o romance foi levado com estrondoso sucesso ao cinema pelo diretor Sidney Lumet em 1974, com Albert Finney, Lauren Bacall, Sean Connery, Jacqueline Bisset e Ingrid Bergman no elenco – até hoje uma das mais aclamadas adaptações jamais feitas de um clássico da literatura de mistério.


O peso das dietas: Um livro de uma médica com phD mas com uma linguagem simples, para que todos possam entender. Fala de maneira direta sobre o peso das dietas na vida das pessoas e me fez muito bem. Estou encarando a comida de outra maneira, claro que ainda me pego com pensamentos antigos, afinal são 30 anos de frustrações, mas sei que estou no caminho de ficar bem comigo. Recomendo para quem vive na luta contra a balança e sempre perdeu.

Sinopse: A autora apresenta uma nova visão da nutrição. Baseada em estudos científicos, ela comprova que as dietas são, a longo prazo, a mais importante fonte de ganho de peso das pessoas. Em seu livro, Sophie ensina como é importante não fazer dietas para que se viva com qualidade, prazer e com o peso saudável. Sim, é possível perder peso sem sofrimento e sem cortar da sua alimentação alimentos ou grupos alimentares completos. Nada de cortar o glúten ou se alimentar apenas de proteínas ou ser radical! Partindo do estudo da nutrigenômica a ciência que trata de como os alimentos conversam com nossos genes, Sophie apresenta um método científico, em que a contagem de calorias e as restrições alimentares radicais ficam proibidas, ou seja, para emagrecer, nada de dieta! Sophie conta seus sete segredos para emagrecer de maneira sustentável, sem fazer dietas, e resgatando o prazer de comer alimentos verdadeiros. Complementando o livro, Sophie pensou e preparou uma seção com dicas sobre como organizar o seu dia-a-dia na cozinha e com mais de 50 receitas para preparar, muitas delas receitas favoritas de seus amigos do mundo todo.



Mister O: Nick é o desenhista do Mister O, uma tirinha que virou um programa de sucesso na TV e melhor amigo de Spencer (do livro Big Rock) e quebra um trato dos dois de não encostar em sua irmã, Harper, quando se apaixona por ela. Eles se envolvem numa 'brincadeira', onde ele topou ser seu professor de sedução, ao ajudá-la com o seco masculino sem se embaralhar toda e acabaram se apaixonando. Fofo, hot, muito bom de ler. Adorei!

Sinopse: Nick Hammer tem a vida que todo cara sempre sonhou: dinheiro e mulheres lindas aos seus pés, que não esperam nada em troca além do melhor sexo de suas vidas. E tudo isso graças ao seu personagem, Mister Orgasmo, que saiu das páginas dos gibis para ganhar um programa na televisão. Agora Nick se tornou o mentor sexual de homens ao redor do mundo e o objeto de desejo de todas as mulheres. Para para Nick, e seu alter ego Mister O, a receita é simples: dar prazer, sempre! Mas tudo isso pode estar em risco quando um pedido acontece. Harper, A irmã de seu melhor amigo, Spencer Holiday, também quer aprender as valiosas lições de Nick e Mister O. Harper é divertida, inteligente, linda e irresistivelmente sexy. E lutar contra o desejo de ter ela em sua cama será o pior pesadelo de Nick. Mister O vai conseguir “salvar” essa mocinha e ainda não ferrar a relação com o seu melhor amigo? Um romance divertido, leve, sexy e que vai arrancar suspiros dos leitores. Afinal, não dizem que o amor e a amizade andam lado a lado? Talvez eles até possam dormir na mesma cama.




Cartas de Natal: é um conto de Natal fofo, gostoso de ler e interessante. Samuel vê Eleonor dançando, no Reveillon, e se apaixona imediatamente. Encaram um namoro e em 4 meses ele pede ela em casamento. Só que ela tem uma síndrome rara que a faz dormir muito. E ele escreve cartas para ela nesse período. Fofo demais!

Sinopse: Samuel estava animado para o primeiro natal ao lado de sua amada, Eleonor. Apesar de saber da sua síndrome, ele não contava que ela talvez não estivesse exatamente com ele nessa data. Através de cartas, Samuel narra uma intensa e profunda história de amor, felicidade e gratidão, provando que a vida, apesar de não se parecer com conto de fadas, também pode ter finais felizes.


A Garota no trem: Rachel todo dia pega o trem das 8h04 para ir trabalhar e observa um casal na varanda que ela admira. Eles moram na mesma rua que ela morava com Tom, seu ex-marido, que ainda amora lá com Anna (que era amante) e a filha deles. Quando Megan desaparece, a mulher da varanda, Rachel pode ser a testemunha, mas ela estava muito bêbada naquela noite (e em todas as outras) para lembrar dos detalhes. Uau! Que livro! Doida para ver o filme.

Sinopse: Todas as manhãs, Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas dágua, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes a quem chama de Jess e Jason , Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess na verdade Megan está desaparecida. Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, A garota No Trem é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.

Em águas sombrias: Jules Abott volta para sua cidade natal apos a morte da sua irmã (que era brigada e não respondia às ligações há anos), para cuidar da sobrinha adolescente que nunca teve convívio nenhum. Danielle Abott morreu no lago dos afogamentos (onde muitas outras mulheres encrenqueiras morreram ao longo de 300 anos), a polícia trata como suicídio, mas a filha insiste que a mãe foi assassinada. Thriller dos bons, da mesma autora da Garota do trem. No inicio é meio confuso porque tem muitos narradores (e alguns personagens narrado em 3a. Pessoa), mas depois que a trama evolui, não dá pra parar de ler. Merece um filme também. Amei!!!

Sinopse: Nos dias que antecederam sua morte, Nel ligou para a irmã. Jules não atendeu o telefone e simplesmente ignorou seu apelo por ajuda. Agora Nel está morta. Dizem que ela se suicidou. E Jules foi obrigada a voltar ao único lugar do qual achou que havia escapado para sempre para cuidar da filha adolescente que a irmã deixou para trás. Mas Jules está com medo. Com um medo visceral. De seu passado há muito enterrado, da velha Casa do Moinho, de saber que Nel jamais teria se jogado para a morte. E, acima de tudo, ela está com medo do rio, e do trecho que todos chamam de Poço dos Afogamentos… Com a mesma escrita frenética e a mesma noção precisa dos instintos humanos que cativaram milhões de leitores ao redor do mundo em seu explosivo livro de estreia, A garota no trem, Paula Hawkins nos presenteia com uma leitura vigorosa e que supera quaisquer expectativas, partindo das histórias que contamos sobre nosso passado e do poder que elas têm de destruir a vida que levamos no presente.









Tempo de recomeçar: vi na TV a cabo, mas é o típico filme e eu veria na sessão da tarde. Filme família, fofo, com relacionamento conturbado entre pai e filho, que vão se conhecendo conforme a doença do pai avança e a rebeldia do filho vai diminuindo.

Sinopse: George Monroe (Kevin Kline) é um arquiteto de meia idade que descobre repentinamente que está com câncer e tem pouco tempo de vida. Ele então decide aproveitar o tempo que lhe resta para se aproximar de Sam (Hayden Christensen), seu filho problemático e rebelde, bem como fazer as pazes com Robin (Kristin Scott Thomas), sua ex-esposa. Ao mesmo tempo, George decide por construir uma casa, na intenção de deixá-la como herança para Sam.

Charlie e a história de um brinquedo: filme super fofo, estilo sessão da tarde, recomendo para todas as idades. As crianças e os adultos vão curtir.

Sinopse: Essa é a hilariante aventura de um menino, repleta de diversão um garoto de 10 anos, junto com seu melhor amigo Charlie, vai protege a loja de brinquedos de seu pai e a intenção conta os valentões da cidade.







Conta Comigo: revi esse clássico da minha infância/adolescência e já não lembrava de muitos detalhes. Com River Phoenix, minha paixão de adolescente que se foi cedo demais. O irmão mais velho do Joaquim Phoenix. Coisa mais fofa. Adoro!

Sinopse: Gordie Lachance (Richard Dreyfuss), um escritor, recorda quando tinha entre doze e treze anos no verão de 1959 e vivia em Castle Rock, Oregon, uma localidade com 1281 habitantes. Gordie tinha três amigos inseparáveis: Chris Chambers (River Phoenix), Teddy Duchamp (Corey Feldman) e Vern Tessio (Jerry O'Connell). Chris era o líder natural, Teddy era emocionalmente perturbado e, se Gordie era o intelectual do grupo, Vern era o mais infantil. Um dia Vern ouviu por acaso Billy Tessio (Casey Siemaszko) e Charlie Hogan (Gary Riley) comentando sobre o corpo de Ray Brower, garoto da idade deles que havia desaparecido. Cada um deu uma desculpa em casa e partiram para tentar encontrar o corpo. Nenhum deles imaginava que esta viagem se transformaria em uma jornada de autodescoberta que os marcaria para sempre.

Sangue na veia (In the blood): com a ex lutadora Gina Carano, bem típico de filme de luta, onde ela briga com vários de uma vez e derruba todos, mas me amarro em filme assim. /e tem o mistério do sumiço do marido que deixa com vontade de desvendar o mistério. Gostei!

Sinopse: A trama gira em torno de uma campeã de MMA (Carano), cujo marido desaparece durante suas férias no Caribe. A esposa, de luto, persegue os homens que acredita terem-no seqüestrado e matado.




Extraordinário (Wonder): tava doida pra ver. Amei o livro e amei o filme, que foi bem fiel. Todos deveriam ver. Emocionante, fofo demais.

Sinopse: Auggie Pullman (Jacob Tremblay) é um garoto que nasceu com uma deformação facial, o que fez com que passasse por 27 cirurgias plásticas. Aos 10 anos, ele pela primeira vez frequentará uma escola regular, como qualquer outra criança. Lá, precisa lidar com a sensação constante de ser sempre observado e avaliado por todos à sua volta.




O rei do show (The greatest showman): conta a história do circo e é um musical. Detesto musicais. Aliás, detestava. E quando tava no cinema que o filme começou e vi que era musical me arrependi de ter ido, mas nada melhor que mudar aquela velha opinião formada sobre tudo. Adorei! Incrível.

Sinopse: De origem humilde e desde a infância sonhando com um mundo mágico, P.T. Barnum (Hugh Jackman) desafia as barreiras sociais se casando com a filha do patrão do pai e dá o pontapé inicial na realização de seu maior desejo abrindo uma espécie de museu de curiosidades. O empreendimento fracassa, mas ele logo vislumbra uma ousada saída: produzir um grande show estrelado por freaks, fraudes, bizarrices e rejeitados de todos os tipos.

Assassinato no Expresso do Oriente (Murder on the Orient Express): tava doida pra ver e curti bastante. Super bem feito, apesar de algumas alterações desnecessárias em alguns detalhes. Não comprometeu a história, mas não tinha a menor necessidade de ter mudado. Adorei!

Sinopse: O detetive Hercule Poirot (Kenneth Branagh) embarca de última hora no trem Expresso do Oriente, graças à amizade que possui com Bouc (Tom Bateman), que coordena a viagem. Já a bordo, ele conhece os demais passageiros e resiste à insistente aproximação de Edward Ratchett (Johnny Depp), que deseja contratá-lo para ser seu segurança particular. Na noite seguinte, Ratchett é morto em seu vagão. Com a viagem momentaneamente interrompida devido a uma nevasca que fez com que o trem descarrilhasse, Bouc convence Poirot para que use suas habilidades dedutivas de forma a desvendar o crime cometido.


Beijossssssss
┌──»ʍi૮ђα

sábado, 9 de dezembro de 2017

Foz do Iguaçu - dia 5: Cataratas argentinas

Com um mega atraso, posto o dia mais incrível da viagem a Foz e que vai ficar bem mais ou menos. Pois eu tinha feito o post todo enorogramado, e hoje entrei aqui e ele não tava no ar nem em lugar nenhum dos rascunhos. Triste. No último dia da viagem fomos às cataratas del Iguazu, o lado argentino. Não vou fazer a patriota, vou ser verdadeira: o lado argentino é mil vezes mais bonito que o brasileiro. 75% das cataratas estão do lado de lá. A grandiosidade do lugar é muito melhor vista por lá.



Fizemos as 3 trilhas (segundo a guia, totaliza 8km andando). Começamos pela da Garganta del diablo, onde pegamos um trenzinho e depois fizemos uma caminhada tranquila na ponte de madeira. Lindo, espetacular. Eu tinha feito um vídeo, masnsumiu junto com o post. Coisa mais espetacular desse mundo.






Depois fizemos a trilha inferior, que é um espetáculo. Tudo foi lindo, gente. E emocionante.





Nem paramos para almoçar, porque tínhamos que encontrar o grupo no portão de entrada às 17h  e não queríamos perder nada. Comemos empanadas rapidamente e fomos andar mais. Fizemos o circuito superior para finalizar. Que é lindo também.




Para terminar, finalizamos com um Freddo, que tanto amamos.


Voltamos para casa cedo no dia seguinte e eu não poderia deixar de falar da fofura que é o Aeroporto de Foz, super pequeno.

 


Obs.: não ficou do jeito que eu queria e que o passeio merecia, mas foi. 

Beijossssssss
┌──»ʍi૮ђα

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Foz do Iguazu - dia 4: Minas de Wanda e Ruínas de San Ignacio (ARG)

No dia 26/07, voltamos à Argentina para mais passeio. Fechamos com a Loumar turismo, mas quem foi nos pegar na pousada foi a Cuenca turismo, uma empresa argentina parceira. Só que o guia era argentino e falava mega rápido, dava pra entender pouco mais da metade das coisas que ele falava.



Fomos primeiro para a Mina de Wanda, que tem uma visita guiada. E aí tivemos um problema porque pagamos o passeio já com a visita a Mina incluída no preço e o nosso voucher não estava com o guia e tivemos que pagar de novo.




Lá um guia da Mina levava o grupo contando a história do local. Bem cuidado, bonito, curtimos bastante. Menos a parte dos morcegos no teto dentro da Mina. Ai que nervoso só de lembrar!








Ao final, tem uma loja que vende bijuterias e joias, além de enfeites para casa. Comprei brincos (para mim, mom, irmã e sogra). Lindos!!!




De lá, pegamos o bus de novo e fomos para as Ruínas de San Ignácio, que fica a 250km de distância. Loucura! Ainda bem que não li que era tão longe, senão não teria ido. Umas surra ir e voltar no mesmo dia de ônibus.



Mas valeu a pena. Lugar lindo, histórico, onde teve uma missão jesuítica. Lá compramos a entrada (não lembro preço) e a guia do local levava um grupo grande pelo local explicando tudo. Não dava pra entender tudo também, mas era tanta informação que nós resolvemos abstrair em alguns momentos e sair andando pelo local, que é imenso e fascinante. Porque presa ao grupo não dava para andar tudo. San Ignacio Miní é um Patrimônio Mundial da UNESCO.










A empresa nos pegou as 7h20 na pousada e nos deixou de volta às 21h. Estavámos exaustos e pedimos uma pizza e comemos no quarto mesmo.



Leia mais: G1: Minas de Wanda, Minas Wanda, ^Ruínas de San Ignacio, Pé na Estrada: San Ignacio Mini, Fragata: San Ignacio

Beijossssssss
┌──»ʍi૮ђα

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Livros & Filmes: novembro 2017



F*ck love - louco amor: Helena namora Neil e é a melhor amiga de Della. Quando ela sonha que está casada com Kit Isley, namorado da sua melhor amiga, começa a misturar com a realidade e muita coisa acontece muda na sua vida, principalmente depois que ela descobre que está sendo traída. Gostei bastante em algumas partes e nem um pouco em.outras. achei enrolado em certos momentos.

Sinopse: Helena Conway se apaixonou. Contra sua vontade. Perdidamente. Mas não sem motivo.Kit Isley é o oposto dela desencanado, espontâneo, alguém diferente de todos os homens que conheceu. Ele parece o seu complemento. Poderia ser tão perfeito... se Kit não fosse o namorado da sua melhor amiga. Helena deve desafiar seu coração, fazer a coisa certa e pensar nos outros. Mas ela não o faz... Tentar se afastar da pessoa amada é como tentar se afogar. Você decide fugir da vida, pulando na água, mas vai contra a natureza não buscar o ar. Seu corpo clama por oxigênio sua mente insiste que você precisa de ar. Então você acaba subindo à superfície, arfando, incapaz de negar a si mesma essa necessidade básica de ar. De amor. De desejo ardente. Você pode pensar que já viu histórias parecidas, mas nunca tão genuínas como essa. Tarryn, a escritora apaixonada por personagens reais, heroínas imperfeitas, mais uma vez entrega algo forte, pulsante, que nos faz sofrer mas também nos vicia. Depois dela, todas as outras histórias começam a parecer como contos de fadas. Se você não quer se viciar, não leia a primeira página.


Entre quatro paredes (Behind closed doors): Grace conheceu Jack no parque, enquanto passeava com sua irmã Millôr, que tem síndrome de down. Em 6 meses eles se casaram e ela descobriu que o casamento perfeito com o homem perfeito não passava de um pesadelo. Entre jantares com amigos dele e suas esposas, vamos vendo a perfeição se desfazer, principalmente com as perguntas desconfiadas de Esther. uau! Que livro! Como fazer um comentário sem dar spoiler? Maravilhoso demais. Terminei de ler me.sentindo angustiada, querendo me libertar. Se fizer um filme, vai ser sucesso total.

Sinopse: Grace é a esposa perfeita. Ela abriu mão do emprego para se dedicar ao marido e à casa. Agora prepara jantares maravilhosos, cuida do jardim, costura e pinta quadros fantásticos. Grace mal tem tempo de sentir falta de sua antiga vida. Ela é casada com Jack, o marido perfeito. Ele é um advogado especializado em casos de mulheres vítimas de violência e nunca perdeu uma ação no tribunal. Rico, charmoso e bonito, todos se perguntavam por que havia demorado tanto a se casar. Os dois formam um casal perfeito. Eles estão sempre juntos. Grace não comparece a um almoço sem que Jack a acompanhe. Também não tem celular, que ela diz ser uma perda de tempo. E seu e-mail é compartilhado com Jack, afinal, os dois não guardam segredos um do outro. Parece ser o casamento perfeito. Mas por que Grace não abre a porta quando a campainha toca e não atende o telefone de casa? E por que há grades na janela do seu quarto? Às vezes o casamento perfeito é a mentira perfeita.

O ódio que você semeia (The hate U give): Starr mora com seus pais e seus irmãos num lugar pobre e violento, onde 2 gangues rivais vivem brigando entre si. Ao ser parada numa blitz por um policial, ela viu Khalil, seu amigo de infância, ser brutalmente assassinado. E ela passa por uma crise existencial e de consciência, por estudar em colégio de branco, num bairro rico, ter amigos brancos e até um namorado, Chris. Ela começa a questionar toda a situação, enquanto fica indecisa entre lutar por justiça ou se calar por medo. E nesse meio, a sua família tenta ajudar DeVante, um rapaz que quer sair da gangue e ter uma vida mais digna.

Sinopse: Starr aprendeu com os pais, ainda muito nova, como uma pessoa negra deve se comportar na frente de um policial. Não faça movimentos bruscos. Deixe sempre as mãos à mostra. Só fale quando te perguntarem algo. Seja obediente. Quando ela e seu amigo, Khalil, são parados por uma viatura, tudo o que Starr espera é que Khalil também conheça essas regras. Um movimento errado, uma suposição e os tiros disparam. De repente o amigo de infância da garota está no chão, coberto de sangue. Morto. Em luto, indignada com a injustiça tão explícita que presenciou e vivendo em duas realidades tão distintas (durante o dia, estuda numa escola cara, com colegas brancos e muito ricos - no fim da aula, volta para seu bairro, periférico e negro, um gueto dominado pelas gangues e oprimido pela polícia), Starr precisa descobrir a sua voz. Precisa decidir o que fazer com o triste poder que recebeu ao ser a única testemunha de um crime que pode ter um desfecho tão injusto como seu início. Acima de tudo Starr precisa fazer a coisa certa.

Sangue na neve (Blood on snow): Olav é um matador de aluguel. Ao receber ordem para matar Corine Hoffman, a mulher do chefão, se apaixona por ela e toma uma decisão que muda todo rumo da história. Ele vai narrando as mortes ao mesmo tempo que conta seu passado, fala com muito amor sobre a mãe e sobre Maria, uma protegida dele que ele ama platonicamente. Livro pequeno, daqueles que se lê em poucas horas. Narrativa interessante. Nunca tinha lido nada do Jo Nesbø e curti bastante. Já quero ler outros livros dele.

Sinopse: Olav tem apenas um talento: matar pessoas a sangue-frio. Não há nada que ele preze mais que ter o poder sobre a vida e a morte. Porém, sua natureza sensível é proporcional às suas habilidades como matador de aluguel. Uma vez tentou roubar bancos, mas não deu certo – ele se sentiu tão culpado que foi visitar uma das vítimas no hospital. Agenciar mulheres para prostituição, idem – Olav se apaixona muito fácil. O assassinato foi tudo que lhe restou. Ele leva uma vida solitária em Oslo até se ver envolvido em um trabalho importante para um dos mais perigosos chefes do crime organizado na cidade, Daniel Hoffman. Ao aceitá-lo, Olav finalmente conhece a mulher da sua vida, mas logo se depara com dois problemas. O primeiro é que ela é a esposa do chefe. E o segundo é que ele foi contratado para matá-la.

Dumplin': Willowdean é uma adolescente obesa, que mora com a mãe, uma ex Miss flor do Texas, apos a morte da sua tia Lucy, que era obesa e morreu de enfarto. Sua melhor amiga, Ellen, com quem compartilha segredos e o amor por Dolly Pardon, está namorando e vivendo uma fase de descobertas, quando ela nem deu o 1o. Beijo ainda. Numa fase de dúvidas, complexos, baixa autoestima, ela arranja dois paqueras: Bo, o menino lindo do trabalho e Mitch, o grandalhão jogador de futebol do Colégio. Tanta coisa acontece e ele se inscreve no concurso de beleza da cidade, causando grande alvoroço na vida dela, da sua mãe, da amiga El e de mais 4 garotas que também sofrem bullying na escola. Uma estória de descobertas, autoaceitação e empoderamento. Amei demais!

Sinopse: Sob um céu estrelado e ao som de Dolly Parton, questões como o primeiro beijo, a melhor amiga, a perda de alguém que amamos demais e “estou acima do peso e ninguém tem nada com isso” fazem de Dumplin’ um sucesso que mexerá com o seu coração. Para sempre. Gorda assumida, Willowdean Dickson (apelidada de Dumplin’ pela mãe, uma ex-miss) convive bem com o próprio corpo. Na companhia da melhor amiga, Ellen, uma beldade tipicamente americana, as coisas sempre deram certo... até Will arrumar um emprego numa lanchonete de fast-food. Lá, ela conhece Bo, o Garoto da Escola Particular... e ele é tudo de bom. Will não fica surpresa quando se sente atraída por Bo. Mas leva um tremendo susto quando descobre que a atração é recíproca. Ao contrário do que se imaginava – a relação com Bo aumentaria ainda mais a sua autoestima –, Will começa a duvidar de si mesma e temer a reação dos colegas da escola. É então que decide recuperar a autoconfiança fazendo a coisa mais surreal que consegue imaginar: inscreve-se no Concurso Miss Jovem Flor do Texas – junto com três amigas totalmente fora do padrão –, para mostrar ao mundo que merece pisar naquele palco tanto quanto qualquer magricela.







Esposa de mentirinha (Just go with it): filme clássico de sessão da tarde, comédia romântica prevísivel, fofa e divertida, do jeito que eu gosto.

Sinopse: Danny Maccabee (Adam Sandler) queria um relacionamento sério, mas foi infeliz em sua tentativa de casamento. Para driblar a carência, passa a vivenciar somente namoricos e transas sem o menor compromisso. Assim, ele toca sua vida como cirurgião plástico bem sucedido, tendo sua melhor amiga Katherine (Jennifer Aniston), mãe solteira de um casal de pirralhos, como fiel escudeira. Mas um dia ele conhece a jovem Palmer (Brooklyn Decker) e a paixão toma conta de ambos. Disposto a se casar com ela, Danny pisa na bola quando, para conquistá-la, inventa que é marido da amiga, pai das crianças e que vai se separar. Começa então uma verdadeira aventura amorosa recheada de confusões de todos os tipos.



Beijossssssss
┌──»ʍi૮ђα

quarta-feira, 22 de novembro de 2017

Autores preferidos: Abbi Glines (#RosemaryBeach)



Paixão sem limites (Rosemary Beach #1 #semlimites1): Blaire cuidou da sua mãe com câncer durante os últimos 3 anos e agora precisou vender a casa que sua vó deixou para elas para pagar as despesas médicas e foi atrás do seu pai (que as abandonou 5 anos atrás quando sua irmã morreu), em Rosemary Beach. Ao chegar lá encontra Rush, o filho da atual mulher do seu pai (os dois estavam viajando). Playboyzão, vive dando festas em casa e rodeado de mulheres que dispensa no dia seguinte feito lixo. Enquanto isso Blaire trabalha no country club pra juntar dinheiro e alugar um lugar pra morar. Os dois se apaixonam, mas a irmã de Rush, Nan odeia ela. Quando os pais deles voltam de viagem, Blaire sabe de toda a história que a liga a Nan e volta pro Alabama, onde Cain, seu ex, a ajuda. Amei. Daqueles livros se devorar em um único dia. Romance, hot, fofo... Tudo junto.

Sinopse: Ele podia ter tudo que quisesse. Menos ela. Blaire Wynn não teve uma adolescência normal. Ela passou os últimos três anos cuidando da mãe doente. Após a sua morte, Blaire foi obrigada a vender a casa da família no Alabama para arcar com as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha e sem lugar para ficar. Então não tem outra escolha senão pedir ajuda ao pai que as abandonara. Ao chegar a Rosemary, na Flórida, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Para piorar, o pai viajou com a nova esposa para Paris, deixando Blaire ali sozinha com o filho dela, que não parece nada satisfeito com a chegada da irmã postiça. Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele tem 24 anos, é lindo, rico, charmoso e parece ter o mundo inteiro a seus pés. Extremamente sexy, orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Blaire sabe que deve ficar longe dele, mas não consegue evitar a atração que sente, ainda mais quando ele começa a dar sinais de que sente a mesma coisa. Convivendo sob o mesmo teto, eles acabam se entregando a uma paixão proibida, sobre a qual não têm nenhum controle. Mas Rush guarda um segredo que Blaire não deve descobrir e que pode mudar para sempre as suas vidas.

Tentação sem limites (Rosemary Beach #3 #semlimites2): Blaire descobre que está grávida e sabe que não pode ter o filho sozinha numa cidade pequena como Sumit, onde nasceu e cresceu. Ela decide voltar pra Rosemary Beach, pois precisa reaver seu emprego no country club para juntar dinheiro e, enfim, poder ir para embora. Rush fica sabendo e a procura. Os dois se acertam, mas Nan sofre um acidente e as coisas mudam um pouco. Gostei muito. Esses livros são daqueles de ler rapidinho.

Sinopse: Ela não consegue deixar de amá-lo, mesmo sabendo que jamais o perdoará. A vida de Blaire Wynn não foi nada fácil. Sua irmã gêmea morreu muito cedo, seu ex-namorado e melhor amigo a traiu e ela precisou cuidar da mãe doente até o último dia de sua vida. Depois de tanto sofrimento, o que ainda seria capaz de machucá-la? O terrível segredo de Rush Finlay.Depois de se apaixonar perdidamente por ele, Blaire descobriu algo cruel que destruiu para sempre o mundo que conhecia. Agora ela está mais sozinha do que nunca e precisa recomeçar a vida longe de todos que a feriram. O único problema é que não consegue deixar de amá-lo.Rush Finlay também não sabe o que fazer. Apesar das tentativas dos amigos e da família para animá-lo, o rapaz segue desolado. Ele já não quer saber da vida que levava, regada a festas, bebidas e mulheres. É atormentado pelas lembranças de um sentimento que jamais imaginara que fosse conhecer e que não pôde ser vivido plenamente.Nem Rush nem Blaire imaginavam que seus universos pudessem se transformar de forma tão radical. Porém, a maior reviravolta das suas vidas ainda está por vir. E ela será tão intensa que obrigará Blaire a engolir o orgulho, voltar a Rosemary, na Flórida, e enfrentar seus inimigos. Rush por sua vez, terá que lutar para consertar seus erros e se provar digno da confiança e do amor dela.Segundo volume da trilogia Sem Limites, que já vendeu mais de 5 milhões de exemplares no mundo, Tentação sem limites é tão viciante e tentador quanto uma paixão proibida.

Amor sem limites (Rosemary Beach #4 #semlimites3): Blaire e Rush estão bem, vivendo e curtindo a gravidez em Rosemary Beach, quando precisam viajar resolver problemas familiares causados por Nan. Blaire. Seu pai se entendem novamente e voltam a ter uma relação legal de pai e filha. Blaire e Rush se casam e Nate nasce. Livro mais romântico,ais família. Curti!

Sinopse: O destino fez de tudo para afastá-los. Mas o amor os uniu. Blaire Wynn conheceu Rush Finlay num momento muito difícil da vida dela, logo depois de perder a mãe e a casa em que morava. Filho de um astro do rock, Rush vivia num mundo de luxo, sexo sem compromisso e total despreocupação com o futuro. Exatamente o oposto de tudo o que Blaire conhecia. Mesmo com tantas diferenças, a paixão entre os dois foi arrebatadora. Porém Rush guardava um segredo de sua família que levou ao fim do namoro e a um período de tristeza absoluta para o casal. Mas eles já não sabiam viver um sem o outro e cederam de novo àquele sentimento irresistível. Agora Blaire está grávida, eles estão felizes e planejam se casar. Mas nem tudo está garantido. O pai de Rush chega trazendo más notícias e novamente os antigos problemas de família podem fazer com que os dois se afastem.


Rush sem limites (RosemaryBeach5 #semlimites4): a mesma história sob o ponto de vista dele. É a história de Paixão sem limites, o primeiro livro da série. Achei desnecessário e repetitivo, sem novidades significativas. A partir do 2o. Livro a narração é intercalada dos dois, muito mais dinâmica e interessante. Não é ruim, mas pra quem leu o primeiro é totalmente desnecessário.

Sinopse: Rush sem limites conta a história de Paixão sem limites sob ponto de vista de Rush. Rush merece sua reputação de bad boy. Com seus carros de luxo e sua mansão de três andares à beira-mar, o filho de um famoso astro do rock tem uma fila de garotas a seus pés. No entanto ele precisa apenas de duas pessoas para ser feliz: seu irmão postiço e melhor amigo Grant e sua meia-irmã Nan. Até que Blaire Wynn chega à cidade em sua velha caminhonete. A beleza angelical da garota do Alabama logo chama a atenção de Rush. Mas, por causa de um segredo de família, ele decide manter distância de Blaire. Mesmo que ela precise de sua ajuda. E mesmo que ela lhe desperte sentimentos desconhecidos. Órfã de mãe e abandonada pelo pai, Blaire está sozinha no mundo – porém Rush entende que se aproximar dela pode destruir a vida da irmã, a quem protegeu desde que eram crianças. A relação secreta entre as duas e o ódio que Nan nutre por Blaire são mais do que bons motivos para Rush manter-se afastado. Só que ele não consegue. O desejo fala mais alto.


Estranha perfeição (Rosemary Beach#3 #perfeição1): Della Sloane teve uma infância complicada e, apos a morte da mãe, resolve seguir o conselho da melhor amiga e viajar para viver a vida. Woody Kerrington é o herdeiro do country club e esta prestar a ficar noivo de uma mulher que não ama para fazer a vontade de seu pai e assumir a vice-presidente do clube. Ate que seu caminho cruza com o de Della e os dois se apaixonam. Adoro os livros da Abbi Glines, são gostosos de ler.

Sinopse: Della Sloane não é uma garota comum. Ansiando se libertar do seu passado sombrio e traumático, ela planeja uma longa viagem de carro em busca de autoconhecimento e dos prazeres da vida real. Seu plano, no entanto, logo encontra um obstáculo: o automóvel fica sem gasolina em Rosemary, na Flórida, uma cidadezinha praiana no meio do nada. Neste cenário, ela conhece o jovem Woods Kerrington, muito disposto a ajudar uma menina bonita em apuros. O que ela não sabe é que Woods é o herdeiro do country club Kerrington e está de casamento marcado com Angelina Greystone, uma união arranjada que culminará na fusão de suas empresas, garantindo o futuro profissional do rapaz. Uma noite despretensiosa parece a solução perfeita para Della e Woods fugirem por um tempo de tanta pressão. Do passado que ela gostaria de esquecer. Do futuro de que ele tantas vezes tentou escapar. Mas eles não poderiam prever que a atração os levaria a algo mais quando os seus caminhos se reencontrassem. Agora precisam aceitar suas estranhezas para descobrirem a perfeição.

Simples perfeição (Rosemary Beach #5 #perfeição2):: Della Sloane decide colocar o pé na estrada de novo e conhece seus pais biológicos, o que faz com que se sinta melhor em relação às suas inseguranças sobre insanidade. Woody Kerrington sofre, mas espera seu voltar é a relação deles se fortalece. No início parecia que seria lenha lenta desnecessário, mas surpreendeu muito. Adorei!

Sinopse: Woods teve sua vida traçada desde o berço. Cuidar dos negócios da família, casar com a mulher que os pais escolheram, fingir que riqueza e privilégios eram tudo de que ele necessitava. Então a doce e sensual Della apareceu e conquistou seu coração, abrindo seus olhos para um novo futuro. A vida do casal seguia para um final feliz, até acontecer um imprevisto: a morte do pai de Woods. Da noite para o dia, o rapaz herda o império Kerrington e, embora sempre tenha almejado essa posição, precisará de toda ajuda possível para provar que está à altura de tanta responsabilidade. Della está determinada a ser o apoio de que Woods necessita, mas os fantasmas do passado ainda estão presentes e mais intensos do que nunca. Pressionada pela ex-noiva e pela mãe de Woods, ela toma a decisão mais difícil de sua vida: abdicar da própria felicidade pelo homem que ama. Mas os dois terão a força necessária para seguir em frente um sem o outro? Concluindo a sedutora história de Woods e Della, Simples perfeição é o romance mais surpreendente de Abbi Glines e mostra que encontrar alguém pode ser um golpe do destino, mas descobrir a perfeição ao lado dessa pessoa requer aceitar a si mesmo e superar os piores obstáculos a dois.



A primeira chanche (Rosemary Beach #7 #chance1): Harlow é a filha querida de Kiro Manning, o problemático da famosa banda de rock Slacker Demon. Mas ela é doce e inocente. Ela e Grant Carter, o irmão do Rush Finlay, se apaixonam e se envolvem profundamente. Porém, segredos do passado da família dela vêm à tona e ela precisa ir embora para Los Angeles, deixando Grant para trás. Leitura gostosa, que flui bem.

Sinopse: Quando o pai roqueiro de Harlow Manning sai em turnê, ele a envia para Rosemary Beach, na Flórida, para viver com sua meia-irmã Nan. O problema: Nan a odeia. Harlow tem que manter a cabeça para baixo, se ela quer passar os próximos nove meses em paz. Isso parecia ser fácil... Até que o lindo Grant Carter sai do quarto de Nan. Grant cometeu um grande erro em se envolver com uma garota com veneno nas veias. Ele sabia sobre a reputação de Nan, mas ainda sim não conseguiu resistir a ela. Nada faz ele se arrepender da aventura mais do que seu encontro com Harlow, que o deixa com o pulso acelerado. No entanto, Harlow não quer ter nada a ver com um cara que poderia se apaixonar por sua meia-irmã malvada. Mesmo não existindo amarras entre Grant e Nan. Grant está desesperado para se redimir aos olhos de Harlow, mas ele arruinou suas chances com ela antes mesmo de conhecê-la...

Mais uma chance (Rosemary Beach #8 #chance2): Devorei a sequencia no domingo de carnaval. Harlow foi morar no rancho do seu irmão Mase no Texas. Após 2 meses Grant Carter vai atrás dela, ao descobrir que ela está gravida e é uma gravidez de risco, por conta da sua doença cardíaca. Eles voltam para Rosemary Beach e vão morar juntos. Enfrentam alguns problemas.com o.pai dela, que queria que ela aceitasse, já que sua vida corria risco. Leitura gostosa, interessante, não dá vontade de parar de ler.

Sinopse: Grant Carter fez tudo em seu poder para convencer Harlow Manning que ele era um bom rapaz. Mais do que uma fala mansa e alguém em quem pudesse confiar. Ele teve de superar sua reputação como um playboy, e sua história com a meia-irmã de Harlow, Nan, uma mulher que é puro veneno. Harlow tinha agarrado a chance, caindo duro e rápido nos braços do cara que emocionou com o seu desejo que tudo consome. Depois de uma vida de evitar bad boys como Grant, ela abriu-se para as possibilidades de amor ... Mas um segredo rasgou-os, e agora Grant e Harlow devem decidir se eles podem lutar o suficiente para fazê-lo funcionar - ou se a dor da traição tem destruído permanentemente o seu futuro.



Para sempre minha (#RosemaryBeach9): Tripp e Bethy namoravam quando adolescentes, mas se separaram e seguiram com suas vidas. Woody e Della se casam numa ilha, e todos os convidados passam 4 dias lá e Tripp aproveita a oportunidade ora se reaproximar de Bethy. Após 8 anos depois resolvem dar mais uma chance a esse amor. Livro fofo, Tripp é apaixonante.

Sinopse: Alguns dos jovens de Rosemary Beach consideram Tripp Newark um herói. Há oito anos, ele abandonou uma vida meticulosamente planejada pelos pais para conquistar a independência. Pilotando sua Harley, Tripp desapareceu da cidade para viajar pelo mundo. E essa decisão o fez perder muito mais do que os milhões que herdaria. Bethy Lowry está vivendo o pior momento de sua vida. Há um ano e meio, Jace, seu namorado, morreu afogado ao salvá-la de uma forte correnteza. Sofrendo um período turbulento e ainda consumida pela culpa, ela vive sua rotina de maneira automática, com a certeza de que nunca mais voltará a amar. No entanto, sua vida está prestes a mudar. Quando tinha apenas 16 anos, Bethy teve um tórrido romance com Tripp, que é primo de Jace. Esse segredo continuaria enterrado para sempre se não fosse por um detalhe: Tripp Newark está de volta e determinado a reconquistá-la. Na série Perfeição, você conheceu o anjo da guarda de Della e sentiu a dor da perda de Bethy. Agora, Abbi Glines reúne esse surpreendente casal para mostrar que nunca é tarde demais para reviver uma paixão.

Kiro e Emily (#RosemaryBeach9.5): Mais um da série Rosemary Beach que eu curto bastante e segue o mesmo estilo, gostoso de ler, romance fofo e hot na medida. Esse conta como Kiro e Emilly se conheceram e como é fofo o amor deles. Li em poucas horas, é bem curtinho. Gostei bastante.

Sinopse: A história de Kiro Manning e o amor de sua vida. Em ter Take A Chance descobrimos que a mãe de Harlow foi a única mulher que mudou a vida de Kiro. A única mulher que ele amaria para sempre. Esta é sua história. O ano é 1992, e ninguém na cena da música rock é mais quente do que Kiro Manning, o vocalista do Slacker Demon. Com um recorde de multi-platina, participação total das paradas da Billboard, concertos esgotados, e os valores pecaminosos do dinheiro, Kiro pode ter qualquer coisa e qualquer pessoa, que ele quer. Assim, quando, uma beleza conservadora de cabelos escuros o repele, em um concerto after-party, seu primeiro pensamento é: "Quem ela pensa que é?" Seu segundo pensamento: "Como faço para fazê-la minha?" Kiro sempre amou um bom desafio, mas nem toda garota quer se envolver com um deus do rock. Especialmente essa garota. Ele a deixou ir naquela noite, mas ele nunca se esqueceu dela. E quando eles se encontraram novamente, ele prometeu não desistir tão facilmente de novo. À medida que o mundo adorou Kiro, ele veio para adorar a garota, que se tornou tudo o que ele nunca soube que precisava. A única garota que ele iria amar. Sua Emily.

À sua espera (#RosemaryBeach10): Mase foi passar uns dias na casa da sua irmã Nan, em Rosemary Beach, enquanto ela viajava, e conheceu Reese, a faixineira, que se acidentou e a levou pro hospital. Foram se conhecendo mais e eles se apaixonaram. Porém Reese tem traumas do passado e Mase resolve ajudá-la e esperar para que ela se sinta pronta para ama-lo. Fofo demais.

Sinopse: Mase sempre preferiu a vida simples em seu rancho no Texas à agitação do mundo do pai em Rosemary Beach. Na verdade, ele quase nunca visita o famoso astro do rock e Nan, sua meia-irmã mimada e egoísta. Mas tudo muda quando conhece uma das empregadas da casa, uma garota linda que, sem saber da presença dele, o desperta com seu canto desafinado. Depois de anos sendo maltratada pela família e pelos colegas por causa de um distúrbio de aprendizagem, Reese conquistou sua liberdade e mora sozinha trabalhando como diarista para as famílias ricas da cidade. No entanto, seu sustento fica ameaçado quando ela causa um acidente na casa de Nan Dillon. Ao ser salva por Mase, um rapaz atencioso e com charme de caubói, Reese fica surpresa pelo gesto dele e, depois, apavorada quando ele demonstra interesse nela. Nunca na vida Reese conheceu um homem em quem pudesse confiar. Será que Mase pode ser diferente? Nessa ardente paixão que nasce entre a doce e batalhadora Reese e o centrado e sexy Mase, Abbi Glines mais uma vez mescla tristezas da vida real com amores de contos de fada e nos faz suspirar até a última página.

Ao seu encontro (#RosemaryBeach11): Mase buscou Reese para morar com ele no Texas. Tanta coisa aconteceu: ela conheceu o pai biológico; o padastro reapareceu apos a morte da mãe dela, fazendo reaparecer todos nos medos do passado; Reese arrumou emprego numa fazenda vizinha... foi bom. Gostei do desenrolar e desfecho da historia dos dois.

Sinopse: Há apenas alguns meses, um encontro inesperado numa casa em Rosemary Beach se transformou num romance de conto de fadas. Agora Reese está prestes a ir morar com Mase na fazenda dele, no Texas. Com o apoio e o amor da família do namorado e a recente descoberta de que ela mesma tem uma família com a qual contar, Reese pode enfim superar os horrores do passado e se concentrar no futuro promissor que a aguarda. No entanto, no que depender de Aida, isso não vai acontecer. A beldade loura e Mase foram criados como primos, mas logo fica claro para Reese que o amor da jovem por ele está muito longe do que se deveria ter por um parente. Ao mesmo tempo que Reese tenta entender a relação dos dois e não se sentir ameaçada, entra em cena Capitão, um estranho que parece estar, convenientemente, em todos os lugares que ela frequenta. Bonito, sensual, misterioso e dono de uma franqueza desconcertante, ele não tem medo de dizer o que pensa de Mase - nem como se sente a respeito de Reese. Enquanto a competição pelo coração de Mase e de Reese esquenta cada vez mais, algumas perguntas em relação ao passado dela começam a ser enfim respondidas, revelando verdades chocantes que vão mudar para sempre a vida do casal. Em Ao Seu Encontro, Abbi Glines conclui a história que começou em À Sua Espera. Com a escrita romântica e voluptuosa que a consagrou, ela constrói mais uma narrativa envolvente, com personagens que vão mexer com as nossas emoções até o final.


O último adeus (Rosemary Beach #12): Addy foi adotada pelos pais de River e eles tiveram uma infância sofrida depois que seu pai saiu de casa e sua mãe maltratada eles de varias maneiras. 10 anos depois, eles se encontram com identidades diferentes (Rose e Capitão) e muitos segredos, inclusive Franny, uma menina de 9 anos que ele não sabia ser pai. Passado, presente e muito amor. Gostei.

Sinopse: River Kipling, mais conhecido como Capitão, está em Rosemary Beach para montar um restaurante de luxo para seu patrão. Dono de um passado sórdido e de um presente misterioso, ele não vê a hora de concluir o trabalho e ir embora da cidade para realizar seu sonho: abrir um negócio próprio à beira-mar num lugar onde ninguém tenha ouvido falar dele. Mas, quando Capitão conhece Rose Henderson, sua ânsia de partir de repente fica em segundo plano. Há algo na risada dela que é familiar demais, e o modo como ela olha para ele o faz lembrar de alguém importante que perdeu há muito tempo. No entanto, a única coisa que Rose revela é que é uma mãe solteira que trabalha duro para sustentar a filha. Enquanto tenta desvendar os segredos da linda ruiva de óculos engraçadinhos e curvas estonteantes e entender por que ela mexe tanto com seus sentimentos, Capitão precisa fugir da marcação cerrada de Elle, a ex-namorada que não mede esforços para afastá-lo de Rose. Ao mesmo tempo, tem que encarar os fantasmas de seu passado para se tornar um homem melhor e construir um futuro do qual possa se orgulhar. 


Pegando fogo (Rosemary Beach #13): A história da polêmica Nan, irmã de Rush Finlay. Major tenta reconquistar Nan depois dela ter desistido dele por ser um mulherengo inveterado. Ela viaja a Vegas e conhece Gannon (que na verdade é Cope, chefe do Major) que foi até lá para tentar arrancar um segredo dela. O que era pra ser trabalho, vira atração e desencontros. Prova de que o amor pode mudar as pessoas. Gostei.

Sinopse: Nan Dillon, a bad girl de Rosemary Beach, é uma garota imatura e egoísta que não tem outra preocupação na vida a não ser manter o corpinho perfeito. Só que Nan está longe de ser feliz: nunca teve o amor dos pais, o irmão adorado não tem mais tempo para ela, e Grant, o único homem de quem gostou de verdade, resolveu trocá-la pela meia-irmã dela. Então, quando Major Colt a convida para sair, ela não pensa duas vezes. Apesar de saber que esse texano charmoso e de fala mansa não quer nada sério, ficar com ele é melhor do que estar com as colegas fúteis ou passar as noites sozinha vendo televisão. Mas logo Nan fica farta do comportamento descompromissado de Major e, depois que ele a deixa plantada em casa mais uma vez, decide ir a Las Vegas para um fim de semana sem regras e sem limites. Lá, conhece Gannon, um empresário sedutor e perigoso que sempre diz exatamente o que ela quer ouvir. Quando Major vai atrás dela implorar por uma segunda chance e Gannon mostra que não é tão perfeito quanto ela pensava, Nan tem que decidir a quem entregar seu coração. O que ela não percebe é que os dois têm uma estratégia de longo prazo para ela - e já estão várias jogadas à sua frente.


Beijosssssssssssssssss
┌──»ʍi૮ђα