Páginas

segunda-feira, 25 de julho de 2005

grande amor

Image hosted by TinyPic.com



Você já viveu um amor via Internet?



Comecei a entrar na Internet em 2001, e logo fiz grandes amizades, que duram até hoje.
Não demorou muito começou a rolar umas paqueras, que passado o medo inicial de conhecer alguém desse modo, se tornaram reais.
E começou a pegação.

Nem sei com quantos carinhas maneiros eu fiquei da Internet. E não me arrependo de nenhum. Todos foram muito legais, além de serem bonitos e/ou charmosos. (Enterrando o preconceito de quem paquera pela net é nerd, feio, cabeçudo...hehehe) a

Em 2001 conheci um guri de Florianópolis que balançou meu coração. E a recíproca foi verdadeira. E nos apaixonamos. E haja Mirc, ICQ, MSN e telefonemas.
Ele veio me conhecer, ficou hospedado aqui em casa, e foi tudo muito bom. Vivemos um conto de fadas. Mas acho que eu senti medo de me envolver à distância, e dei um jeito de sair fora. Nós dois sofremos, mas tudo terminou bem: somos ótimos amigos, e nos falamos freqüentemente até hoje.

Depois disso fiquei só na pegação.
E em 2002, mais uma vez me apaixonei.
E ficamos. E namoramos.
Mas foi rápido: entre ficar e namorar durou apenas 6 meses. Mas foi intenso. E sofri.
Mas passou.

Em 2003 conheci Con no Mirc (sempre ele), e viramos grandes amigos.
E também tínhamos (e ainda temos) muitos amigos em comum. E surgiu uma grande amizade.
Ficávamos teclando até altas horas da madrugada. E deixei de sair pra ficar teclando com ele. Mas, que não demorou para percebermos que ia além disso. Num show de hardcore, quando ele entrou feito alucinado na roda, meu coração bateu mais forte, e eu falei pra ele: adorei ver você entrando na roda, elevou meu estrogênio. E ele ria das minhas brincadeiras, que tinha um fundo de verdade, é claro.

No início ficou aquele medo de estar confundindo as coisas e estragar uma bela amizade. Mas percebi que ele também estava sentindo o mesmo.
E no dia 18 de dezembro de 2003, ficamos pela primeira vez. E nunca mais nos separamos.
Ainda lembro de cada detalhe daquele dia. Dancei forró com a cabeça encostada no peito dele (sim, eu sou baixinha) e a música não sai da minha cabeça.


Moreno, me convidou para dançar um xote
Fungou o meu cabelo, cheirou meu cangote
E fez meu corpo inteiro se arrepiar
Fiquei sem jeito, e ele me acolheu junto ao peito
E foi nos braços desse moreno, que eu forrozeei até o dia clarear...


Estamos juntos há 1 ano e 7 meses juntos e o nosso amor só fez crescer.
E hoje eu sei o que é amar de verdade.
Aquela Micha farrista, pegadora, com medo de se envolver e se entregar morreu.
E a Micha que hoje existe é a futura esposa de Con, meu cheiroso lindo, que eu agradeço a Deus todos os dias por ter colocado no meu caminho, e peço que nosso amor continue sempre assim, crescendo com respeito e os nossos sonhos se realizem.

Não precisei ir morar longe, porque a minha felicidade estava no bairro ao lado, e a Internet nos apresentou. Mas se ele tivesse que se mudar pra qualquer canto do mundo, teria que carregar uma mala a mais junto dele, porque eu não posso nem pensar em ficar longe do meu amor, e eu iria junto com ele, sim!!!

Grace Olson, lá de longe, na Suécia, onde vive um grande amor, me enviou a sugestão desse tema, e eu achei que veio bem a calhar, pra complementar o post comunitário passado, onde vimos que a Internet é um verdadeiro cupido.

Image hosted by TinyPic.com



A galera que acompanha meu blog sempre, tá por dentro das dicas que deixo aqui. Vou fazer uma retrospectiva, quer saber? Vai nos arquivos, aí ao lado:
- como colocar foto no comentário (gravatar): dia 15 de maio.
- Como aumentar imagem no gravatar (para a foto aparecer bem grande): dia 31 de maio.
- como colocar comentário do haloscan no blog da uol e livrar os visitantes daqueles números e letras chatos, que sempre teimam em dar erro: dia 29 de maio.
- como responder no haloscan: dia 25 de maio.
Se tiver alguma idéia pra post comunitário: compartilhe!!!
Beijos e um ótimo começo de semana.

Beijos.

Nenhum comentário: