Páginas

segunda-feira, 30 de julho de 2007

De volta à labuta


De volta à labuta


Hoje tudo voltou ao normal: Acordar às 5h, pegar ônibus 5h25, trabalhar. Sair às 16h, chegar em casa às 18h30 por causa do trânsito. Ir pra capoeira. Tomar banho. Jantar. Cama...
E esse semana está mais agitada, pois na 4a. feira já começa o curso do batizado de capoeira, que será nesse fim de semana, então, além de tudo isso, ainda tenho o ensaio de maculelê.
Quando pegar o pique de novo, volto a visitar todos vocês, prometo que juro.





E o PAN acabou.


Ontem vendo o encerramento me deu uma tristeza sem fim, um vazio, ao ver a pira ser apagada. Era o fim, realmente.

Vivi esses 17 dias intensamente, vi tudo que pude pela TV, ao vivo, acompanhei pela internet, jornal...enfim. Me emocionei com as conquistas, com as lutas do brasileiros, que apesar de tudo que passamos, ainda vibramos com muito orgulho e muito amor; com nosso atletas, que deram o sangue e raça...

O Rio (e o Brasil) provaram que têm jeito, que com organização e boa vontade tudo funciona. O policiamente foi perfeito, e deveria continuar assim ao longo do ano, pra sempre.

Se teve uma coisa que não gostei, foram as vaias. Elas só serviram pra mostrar que somos subdesenvolvidos de cabeça e temos muito a crescer ainda. Mas até que no final, isso melhorou bastante.


Image and video hosting by TinyPic
Diogo Silva,
nos deu o 1o. ouro nesse PAN e emocionou


Eu me emociono com o esporte, meus olhos enchem de lágrima a cada estória de luta conta a pobreza, violência (o pódio do Diogo Silva foi o mais lindo de todos pra mim. Como chorei com ele!). Mostra que o esporte é o caminho, e eu vejo o quanto sou feliz no que escolhi fazer. O dia que eu parar de me emocionar com as vitórias de vida proporcionadas pelo esporte, mudarei de profissão, deixarei de ser educadora, sairei da base, da formação de cidadãos conscientes e ativos, que vão à luta, apesar de todas às adversidades que a vida traz.


Image and video hosting by TinyPic
Thiago "de ouro" Pereira


Todos arrebentaram, sem tirar o mérito de ninguém, mas esse espetáculo aqui, além de lindo, mostrou que veio pra arrebentar mesmo. 8 medalhas: 6 ouros, 1 prata e 1 bronze. Ah se eu fosse mais nova...ahahahha (e se não fosse "casada", claro). Continuando com um treinamento firme e forte, vai nos dar muitas alegrias nas Olimpíadas de Pequim no próximo ano.

Ele foi o grande destaque da nossa delegação, pelo número de medalhas e tal, mas ainda tem muito tempo pela frente e mereceu carregar nossa Bandeira no encerramento da festa, mas eu colocaria a Janeth pra carregar a bandeira no encerramento.

Beijosssssssssss

3 comentários:

Dani Araújo disse...

Oii, sou eu... agora de Blog NOVO!!
Conto com sua força... e vamos juntas nessa LUTA!!!
Bjão

Greengirl disse...

Eu tb achei triste e ao mesmo tempo poético a pira apagando...ao som da música O Vento ;)

Menina, como tu consegue acordar às 5h e pegar o ônibus às 5h25?

B
j
u
s

Malu disse...

Oieeee
Parabéns pelo blog...
Ai... voltar das férias é sempre cruel né??
Ainda bem que estou no ultimo ano da escola... Depois facu ou cursinho, não sei ainda... Aliás... ando bem confusa rsrsrs
Se puder passar no meu mundinho vou ficar bem feliz!!!
Beijos da Malu