Páginas

quinta-feira, 15 de dezembro de 2005

Hoje foi a festinha de encerramento lá no colégio e recebemos uma visita que fez a alegria da criançada.

As crianças entraram de férias hoje, e amanha teremos o conselho de classe é 2ª. feira a formatura da Educação Infantil (jardim) e da 4ª série e encerra o ano letivo. Ufa!!! Falta pouco.






Image hosted by TinyPic.com



Devorei "O diário de Bridget Jones" e estou degustando "Bridget Jones: no limite da razão". Garantia de boas risadas. Bom demais.


Sinopse de O diário de Bridget Jones: Inteligente, sarcástico, hilário, atual. Estas são as características que fizeram de O diá;rio de Bridget Jones um grande sucesso de vendas. Escrito na forma de diá;rio, o romance relata um ano na vida de Bridget Jones, uma solteira de trinta e poucos anos, que luta com todas as forças para emagrecer, encontrar um namorado, parar de beber e largar o cigarro. Uma história aparentemente comum, mas narrada em estilo impecá;vel e com extrema sensibilidade pela jornalista britânica Helen Fielding. Bridget trabalha em uma editora, mora sozinha, é apaixonada por seu chefe e cultiva o há;bito de conversar com amigas que, em torno de uma mesa de bar, sempre têm soluções teóricas para todos os problemas. É; impossível ler este diá;rio e não se identificar com a protagonista. O mundo está mesmo repleto de Bridgets.(Fonte: Sinopse do livro)

 Sinopse de Bridget Jones no limite da razão: Bridget Jones está; de volta. Quem riu, se emocionou e contou calorias com a heroína de O diá;rio de Bridget Jones também pode se deliciar com Bridget Jones: no limite da razão. Divertido, inteligente, sarcá;stico e atual, este romance da jornalista britânica Helen Fielding mantém seu estilo impecá;vel na construção do diá;rio de mais um ano da vida de Bridget, mulher de trinta e poucos anos que luta para emagrecer, parar de beber e largar o cigarro. Ela agora tem novos desafios pela frente: impedir que seu namorado seja roubado por uma falsa amiga, lidar com o chefe problemá;tico na produtora de TV em que trabalha, enfrentar um enorme buraco no meio de sua sala e conviver com a mãe obcecada por si mesma. Atolada num pântano de teorias de livros de autoajuda e cada vez mais neurõtica, a protagonista resgata seu bom humor e nos contagia com sua alegria de viver.(Fonte: Sinopse do livro)






Image hosted by TinyPic.com


Passei um susto essa semana: pensei que tivesse com um baby a caminho. Mas não estou, enfim o desespero passou. Foi surpreendente: primeiro porque eu não imaginava que estava tão despreparada para tal e no medo que me causou pela mudança tremenda que faria na minha vida.
Con também me surpreendeu e só fez confirmar o que já sabia: ele é o homem da minha vida. Ele ficou super triste quando soube que foi só um longo atraso, pois já estava todo coruja (beijou minha barriga e tudo quando falei da minha suspeita e eu em panico total pensando que ele estava enlouquecendo) e cheio de planos (querendo comprar um joguinho de toalha que nos vimos há um tempo atrás e eu amei, pensando onde morariamos, em tirar carteira de motorista pra me levar no trabalho...).
Prometi que teremos nossos filhotes dentro de uns 2 anos. Temos que nos preparar antes, para não ficar no sufoco.
Beijos.

Nenhum comentário: