Páginas

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Contradição e Greve

Contradição e Greve


O Governo Federal lançou uma campanha para "convidar-convencer" as pessoas a serem professores. Já vi 3 propagandas do tipo. (Mas só achei 2 para colocar aqui).





E o salário? Não existe nenhum profissional especializado sem que tenha tido um professor. Médicos, advogados, engenheiros... Todos estudaram um dia.

Hoje fui à escola, mas não dei aula. Eu e outros colegas. Reunimos os alunos no pátio e explicamos o porquê da greve. Porque eles tem que se informar, tem que aderir à causa. Falamos que filhos de políticos não estudam em escolas públicas. Mas que tem um projeto de lei para que isso se torne obrigatório.

Expliquei que não era falta de vontade de dar aula, pois acordei às 5h do mesmo jeito, peguei 2 ônibus e cheguei lá na hora, como sempre faço. Só que a diferença, é que hoje não dei aula.

Salário digno já. Plano de carreira idem.

Professor não é bandido para ser recebido com bala de borracha, ser agredido, sofrer ataques de gás lacrimogênio e gás de pimenta, como foi pela PM no Centro do Rio de Janeiro.
Chegar cheio de vontade e atitude em cima de pessoas do bem e que não estão armadas é mole, quero ver agir assim com a bandidagem. Aí eles amarelam.

Professora com arma apontada. Professores caídos no chão.
VERGONHA!!!!

Vergonha!!!


Image hosted by TinyPic.com

Um comentário:

Anônimo disse...

Parabéns pela coragem de denunciar colega!
Aqui em SP também está um inferno.
Estamos sem reajustes desde que o PSDB entrou no governo do Estado.