Páginas

sexta-feira, 25 de novembro de 2005

Post comunitário: traição

Image hosted by TinyPic.com



Traição!!!


Chifre é que nem consórcio, um dia você será contemplado.


Image hosted by TinyPic.com Eu já traí muito, quando era mais nova, principalmente. E os únicos 2 namorados que não traí foram os que terminaram comigo e mais me fizeram sofrer, então eu cheguei a uma errada conclusão de que não trair era garantia de sofrimento.
Já tive até 3 namoradinhos ao mesmo tempo, mas era uma época engraçada, de descobrir a vida mesmo, e tudo ficava só nos beijinhos, nada além disso. Minha irmã que ficava desesperada, porque tinha que ficar me salvando o tempo todo, pra não coincidir dos 3 se encontrarem e tal.

Image hosted by TinyPic.com Houve uma época muito complicada na minha vida, quando soubemos que meu pai estava traindo minha mãe (já tinha casa montada e tudo com outra, que vive até hoje), aí desacreditei no casamento e oscilava o pensamento entre não casar ou casar e trair meu marido.

Eu não acreditava em homem nenhum, porque se eu não acreditava no meu pai, em que outro homem eu poderia acreditar? (Porque meu pai não traiu só minha mãe, ele traiu todos nós). Então eu traía mesmo, só que eu namorava uma carinha casado (lembra que falei isso aqui antes?) e quando tinha festa da capoeira que ele comparecia com a mulher (que ele jurava estar separado fisicamente, às vezes até dizia que ela tinha voltado pra casa da mãe) eu ficava com outro, e da capoeira também, colega dele, e no dia seguinte ele sempre vinha reclamar e eu tratava ele mal e falava que não tinha direito de reclamar porque também estava ficando com outra na minha frente. Enfim, uma loucura!

Mas também não queria ficar igual à bruxa do meu pai, desfazendo lares, e comecei a dar a maior força pra ele se dar bem com a mulher, fazer por onde ela tratar ele bem e tal, e hoje eles estão super bem, e apesar de tudo, hoje nos damos muito bem, inclusive ela comigo (ela até se desculpou comigo uma das vezes que estivemos juntas, por aquela época, e eu falei que era melhor deixar tudo pra trás mesmo, que eu também tinha errado muito).

Image hosted by TinyPic.com Se eu fui traída além disso, não sei. Mas não sei se teria sofrido, porque hoje sei que aquilo que eu pensava que era amor, realmente não era. Amor é o que eu sinto hoje.

Image hosted by TinyPic.com Hoje eu sei que confiança em homem é possível, graças a Con, e que ser fiel faz parte do amor. Só trai quem não ama, porque não consigo me imaginar traindo ele de jeito nenhum. Ah, e sim, quero casar!!!

Não me arrependo de tudo que já aprontei antes, porque hoje me dá a segurança de saber que não quero fazer mais, e que já curti tudo que tinha que curtir. E a curtição ao lado do meu amor é muito melhor. Diria até: a melhor do mundo.

Veja a opinião de: Valéria, Veroni-k, Paulinha, Claudinha, Bia, Ellectro, Jackie, Luma, Érika, Thyessa, Dany Macedo, Advi Catarina, Chris Bacelar, Lilian, Marcos, Helenice, Larissinha, Pris, Anna Flávia, Carla Linhares, André Mago, Thânia Mara, Dilberto, Kmi, Vanessa Vólaro.


Esse tema tão comprometedor revelador foi sugerido pela amiga mais que querida Valéria.

Beijos e ótimo fim de semana.

Nenhum comentário: