Páginas

terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Ser responsável pela própria vida

Estou ótima da cirurgia, muito bem recuperada, andando super bem, mas ainda com os movimentos do braço limitados (só posso levantá-los até a linha do ombro), já tomo banho sozinha mas continuo indo lavar a cabeça no salão, pois não posso levantar as mãos acima do ombro.

Tirei todos os pontos dos seios na 5a. feira passada e a cicatrização está indo muito bem, obrigada. E o resultado cada dia mais lindo e eu cada dia mais feliz.

Recebi visitas de amigas queridas e no fim de semana fui passear na casa do meu amor. Tão bom sair um pouco de casa. Mas durante a semana a programação é: ver televisão, ler revistas, ficar no pc, drenagem (3x na semana), dormir de tarde, dar uma volta na praia a noite... Não posso reclamar, mas tô doida pra poder agitar mais.

Ser responsável pela própria vida

Ser responsável pela própria vida é, principalmente, ser responsável pelos resultados: parar de acusar os outros, de reclamar, de dar desculpas.
Quando o ser humano começa a assumir a vida, admite: "Estou obtendo esses resultados porque os produzi. Minhas ações foram compatíveis como esses resultados." Perceba isso e passe imediatamente a trabalhar para assumir a responsabilidade por você próprio. "Consegui esse resultado porque essa é a minha capacidade e vou melhorar meus resultados à medida que ampliar minha capacidade."
Corte as desculpas. Quanto mais utilizamos desculpas para nossos fracassos, mais elas roubam a energia que temos para transformar nossa vida.
Lembre-se: você sempre está colhendo os resultados que plantou. Não anda dando certo? Pois mude! Vá atrás do resultado que você quer: verá que delícia é viver das próprias vitórias.

Cybernetic Artificial Replicant Programmed for Exploration, Dangerous Infiltration and Efficient Mathematics



Beijos para todos.

Nenhum comentário: