Páginas

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Filmes: janeiro



Perdido em Marte: Con leu o livro e se empolgou de ver. Pensei que eu não fosse curtir, mas resolvi ver mesmo assim. Ainda bem! O filme é muito interessante, divertido e impressionante também (a parte que mostra a NASA, funcionamento e tal é de babar). Recomendo!

Sinopse: O astronauta Mark Watney (Matt Damon) é enviado a uma missão em Marte. Após uma severa tempestade ele é dado como morto, abandonado pelos colegas e acorda sozinho no misterioso planeta com escassos suprimentos, sem saber como reencontrar os companheiros ou retornar à Terra.


Creed: nascido para lutar: fiquei afim de ver desde que vi anunciando. Con que é mega fã de Rocky também se empolgou logo. Pensei que fosse ser meio arrastado, apelando pra fazer mais um filme e tal, mas é bom mesmo. Gostamos bastante. Vale a pena! Stallone 

Sinopse: Adonis Johnson (Michael B. Jordan) nunca conheceu o pai, Apollo Creed, que faleceu antes de seu nascimento. Ainda assim, a luta está em seu sangue e ele decide entrar no mundo das competições profissionais de boxe. Após muito insistir, Adonis consegue convencer Rocky Balboa (Sylvester Stallone) a ser seu treinador e, enquanto um luta pela glória, o outro luta pela vida.

Cidades de papel: li o livro e só agora vi o filme, que já tava querendo ver desde que lançou. Super fiel ao livro, o fato do John Green acompanhar as filmagens e tal, ajuda demais. Adorei!!!

Sinopse: A história é centrada em Quentin Jacobsen (Nat Wolff) e sua enigmática vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman (Cara Delevingne). Ele nutre uma paixão platônica por ela. E não pensa duas vezes quando a menina invade seu quarto propondo que ele participe de um engenhoso plano de vingança. Mas, depois da noite de aventura, Margo desaparece – não sem deixar pistas sobre o seu paradeiro.


Carol: achei muito parado. Therese me irritava muito no início, muito apática e achei a Carol um pouco louca, não sei explicar. Depois de uma hora fica mais interessante. Mas é um filme bem mais ou menos, não achei isso tudo que tão dizendo não. Ele tá concorrendo ao Oscar em algumas categorias também.

Sinopse: A jovem Therese Belivet (Rooney Mara) tem um emprego entediante na seção de brinquedos de uma loja de departamentos. Um dia, ela conhece a elegante Carol Aird (Cate Blanchett), uma cliente que busca um presente de Natal para a sua filha. Carol, que está se divorciando de Harge (Kyle Chandler), também não está contente com a sua vida. As duas se aproximam cada vez mais e, quando Harge a impede de passar o Natal com a filha, Carol convida Therese a fazer uma viagem pelos Estados Unidos.

Snoopy e Charlie Brown: cresci vendo Snoopy e não ia perder esse longa por nada. Sou fã do 'minduim' e sua turma. Adoro o jeito que a professora fala. E adorei que a garotinha ruiva tá no filme. Fofo! Gostei bastante.

Sinopse: Próximo das férias de inverno, a vida de Charlie Brown e sua turma sofre uma mudança com a chegada na cidade de uma garotinha da cabelo vermelho. Brown logo se encanta pela jovem e tenta lutar contra sua timidez e sua baixa autoestima para falar com ela. Ao mesmo tempo, Snoopy encontra uma máquina de escrever e começa a imaginar uma história pra lá de fantasiosa e heróica.



O regresso (The revenant): Filme maravilhoso, tenso e Leonardo Di Caprio dá um show e é a grande estrela do filme mesmo. Sou fã dele e estou torcendo para que, enfim, ele ganhe o Oscar de melhor ator (essa é a 6a. indicação dele ao prêmio). O filme tá concorrendo em 12 categorias.

Sinopse: 1822. Hugh Glass (Leonardo DiCaprio) parte para o oeste americano disposto a ganhar dinheiro caçando. Atacado por um urso, fica seriamente ferido e é abandonado à própria sorte pelo parceiro John Fitzgerald (Tom Hardy), que ainda rouba seus pertences. Entretanto, mesmo com toda adversidade, Glass consegue sobreviver e inicia uma árdua jornada em busca de vingança.

Ponte dos Espiões (Bridge of spies): amei o filme demais. Só de ver que era um filme dirigido por Spielberg e estrelado por Tom Hanks, já sabia que seria bom. E realmente é. Tenso! Estranhei nenhum dos dois terem sido indicados ao Oscar, mas o filme concorre como melhor filme e torço para que ganhe, porque é um show mesmo.

Sinopse: Em plena Guerra Fria, o advogado especializado em seguros James Donovan (Tom Hanks) aceita uma tarefa muito diferente do seu trabalho habitual: defender Rudolf Abel (Mark Rylance), um espião soviético capturado pelos americanos. Mesmo sem ter experiência nesta área legal, Donovan torna-se uma peça central das negociações entre os Estados Unidos e a União Soviética ao ser enviado a Berlim para negociar a troca de Abel por um prisioneiro americano, capturado pelos inimigos.

45 anos: achei a história bem interessante, porém o filme é bem parado, e fiquei esperando uma hora que fosse dar uma virada. Mas quando acabou, que as letras começaram a subir, eu e Conrado olhamos uma para o outro e eu comecei a rir. Porque tipo: como assim acabou? Desse jeito!

Sinopse: Kate Mercer (Charlotte Rampling) está planejando a festa de comemoração dos 45 anos de casada. Porém, cinco dias antes do evento, o marido recebe uma carta: o corpo de seu primeiro amor foi encontrado congelado no meio dos Alpes Suíços. A estrutura emocional dele é seriamente abalada e Kate já não sabe se vai ter o que comemorar durante a festa.

A garota dinamarquesa (The danish girl): Uau!!! Que filme!!! Amei demais da conta, não tinha ouvido falar, mas vi o título fiquei curiosa e resolvemos ver. Incrível demais! Os atores dão um show de interpretação e concorrem a ator principal (Eddie Redmayne) e atriz coadjuvante (Alicia Vikander).
Tá, se ele ganhar o Oscar o Di Caprio, definitivamente não vou ficar triste o cara é demais. Recomendo demais!!!! 

Sinopse: Cinebiografia de Lili Elbe (Eddie Redmayne), que nasceu Einar Mogens Wegener e foi a primeira pessoa a se submeter a uma cirurgia de mudança de gênero. Em foco o relacionamento amoroso do pintor dinamarquês com Gerda (Alicia Vikander) e sua descoberta como mulher.


A teoria de tudo: demorei mas assisti e foi uma surpresa que o ator que faz o Stephen é o mesmo que fez a garota dinamarquesa. O cara arrasa!  Ah, o filme é bem legal, não sabia nada sobre ele e gostei.

Sinopse: Baseado na biografia de Stephen Hawking, o filme mostra como o jovem astrofísico (Eddie Redmayne) fez descobertas importantes sobre o tempo, além de retratar o seu romance com a aluna de Cambridge Jane Wide (Felicity Jones) e a descoberta de uma doença motora degenerativa quando tinha apenas 21 anos.


Beijossssssss
┌──»ʍi૮ђα

6 comentários:

Carla Renata disse...

assisti muitos filmes em janeiro, mas nenhum desses..kkk.. bjokas lindeza e sucesso sempre

Bruxa do 203 disse...

Essa lista inclui vários que quero assistir, principalmente A Garota Dinamarquesa.

Amanhã assistirei Carol. Queria muito ver o Snoopy, mas aqui só estreou dublado em português, então deixei para quando entrar no Telecine.

Desengordando disse...

Assisti a todos esses, e tirando Cidades de Papel que achei um porre (bem como A culpa é das estrelas que pra mim é horrível) amei todos. O Regresso é uma coisa que não dá pra explicar, Di Caprio quase mudo no filme todo e simplesmente sensacional, realmente tá merecendo o Oscar. Eddie Redmayne é meu queridinho, a transformação pela qual ele passa em Garota Dinamarquesa é muito impressionante, eu que tenho amigas trans e acompanhei suas transformações, as reconheci em muitas situações. Sou a louca dos filmes, assisto tudo e em grandes quantidades, em janeiro assisti 50 filmes...rs. Se deixar fico aqui falando infinitamente de sugestões e impressões...ahahahaha
Um beijo

Ninna Bueno disse...

Nossa, eu já disse que adoro suas resenhas/opinião dos filmes? kkkk
Se nunca disse, tô dizendo agora.kkk

Já marquei 4 filmes que quero assistir: Perdido em Marte, Snoopy e Charlie Brown, o Regresso e A garota dinamarquesa.
Obrigada por compartilhar conosco.
Beijo♥

Nana disse...

Amei Snoppy. Seguindo a linha do Teoria do Tudo, ainda prefiro Mente Brilhante. To doida para ver A garota Dinamarquesa.
Bj e fk c Deus
Nana
http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

Lulu on the sky disse...

Oi Mi,
Vi ontem o Snoopy e achei fofo demais e também vi essa semana Joy com a Jennifer Lawrence
big beijos