Páginas

domingo, 12 de novembro de 2006

Sou fã do psicólogo Roberto Shinyashiki, pois o cara arrebenta sempre nos conselhos na sua coluna mensal na Revista NOVA, a qual sou assinante e amo.
Esses dias tenho lido às edições antigas e resolvi colocar um trecho da coluna da edição de janeiro intitulada "Bem perto do topo do Himalaia".

Tem esse nome porque logo no começo ele fala das dificuldades para vencer o desafio e diz que "quanto mais perto do topo do Himalaia você chega, mais tempestades, frio e avalanches terá de enfrentar".

"Alto astral não significa fingir que as dificuldades não existem, mas superá-las numa boa. (...)
Não podemos nos deixar contaminar pelo baixo astral. Você tem de ter bom humor para abrir um sorriso. Não um sorriso falso, mas um sorriso de verdade, que nasça do coração.
(...)
Grande parte do problema é exagerar na hora de dimensioná-lo. Quanto mais relaxada você estiver, mais fácil será resolver a questão.
(...)
No meio dos maiores temporais, seja fiel a seus princípios. Ninguém consegue passar por cima de quem não abre mão de seus valores."

Image hosted by TinyPic.comImage hosted by TinyPic.comImage hosted by TinyPic.comImage hosted by TinyPic.comImage hosted by TinyPic.comImage hosted by TinyPic.com


Aproveito para agradecer a todos que participaram do post comunitário. Foi um barato ler as histórias marcantes de cada um de vocês.
Image hosted by TinyPic.com Muito obrigada: Grace Olson, Fernada Ruiz, Flavynha, Jululu, Nilza, Lino Resende, Lulu, Chris, Day e Luiza Cristina.

Beijossssssssssssssss

Nenhum comentário: