Páginas

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Livros e Filmes: fevereiro

Decidi juntar as postagens de livros e filmes do mês de Fevereiro, para não interromper muito as postagens do Chile, que estão programadas e vão até o fim de março, senão não ia acabar nunca. Mas quero deixar registrado cada dia da viagem, pois aqui é o meu diário e pode servir de dicas para outras pessoas que queiram ir também.




Se eu ficar: esse livro me perseguiu por livrarias, sites e afins. Onde entrava, lá estava ele me olhando. Me interessei, mas fui adiando. Até que vi a capa da continuação e não resisti. A narrativa do livro é interessante, aí fui lendo, lendo, lendo, e quando vi, já tinha acabado. Porém o final me deixou com a sensação de que faltava algo.

Sinopse: Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais – mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente – e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.

Para onde ela foi: curti a capa e quando vi que era continuação do Seu eu ficar, resolvi ler. Aí comprei logo os dois. Essa é contada por Adam, o então namorado Mia, na época do acidente. Fofo toda vida! Realmente faltava algo e agora tudo se completou e ficou perfeito. Amei!

Sinopse: Meu primeiro impulso não é agarrá-la nem beijá-la. Eu só quero tocar sua bochecha, ainda corada pela apresentação desta noite. Eu quero atravessar o espaço que nos separa, medido em passos não em milhas, não em continentes, não em anos , e acariciar seu rosto com um dedo calejado. Mas eu não posso tocá-la. Esse é um privilégio que me foi tirado.Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa da esperança e a chama do amor que renasce.





Noivas em guerra: filme bem típico de sessão da tarde, previsível e tal, porém legalzinho. Gente, o que impressiona é que é verdade. Tem muita mulher que acha que casar é uma questão de honra, de competição e tal. Me fez lembrar algumas pessoas que não faço a menor questão de conviver.

Sinopse: Emma (Anne Hathaway) e Liv (Kate Hudson) são amigas desde criança, quando planejaram em detalhes como seriam seus casamentos. Um deles é importantíssimo: que a cerimônia ocorra no Hotel Plaza, o local onde os mais badalados casamentos de Nova York ocorrem. Agora, aos 26 anos, elas estão prestes a se casar. Mas um erro na marcação das datas faz com que elas coincidam, o que gera uma disputa entre as agora ex-amigas por quem fará a cerimônia no local sonhado.



Um bom partido: adoro esses filmes que envolvem esporte, sempre tem uma coisa legal, e esse é mega fofo. Gostei muito!

Sinopse: George (Gerard Butler) é um ex-jogador de futebol que, na tentativa de se aproximar do filho, passa a treinar a equipe juvenil na qual ele joga. Só que ele não consegue se manter afastado das mães dos colegas de seu filho, a quem vive dando em cima.







Anel de Fogo (Ring of Fire): Nem sabia da existência desse filme, quando resolvi entrar no Megafilmes HD pra procurar algo para ver e o encontrei. Resolvi assistir na hora. Claro que não é uma produção padrão Johnny e June, a dublagem tá uó, mas amei assistir. As músicas são lindas, a história é linda, continua sendo minha história de amor preferida. Ela foi uma guerreira. Sou apaixonada pelos pais dela, por serem tão a frente do seu tempo. Amei. Chorei! Mas me senti um pouco culpada por querer que fosse o Joaquim Phoenix e a Reese Whiterspoon interpretando-os.

Sinopse: Baseado no livro de memórias escrito por John Carter Cash – único filho do casal Johnny Cash e June Carter. Feito para a TV conta a trajetória de June, desde sua infância até seu turbulento, mas duradouro, casamento com o Homem de Preto. A ascensão de June a fama com o grupo The Carter Family, considerada a primeira família da música country, antes de se tornar bem sucedida em carreira solo. Mostrando de perto seus dois primeiros casamentos, a vida com as filhas e o afetuoso relacionamento com o filho, retrata o romance de June com Johnny Cash e o seu papel fundamental na vida do cantor.

Uma prova de amor: passou na sessão da tarde no meu dia de folta e não resisti. Com a menininha de pequena miss sunshine, já mocinha. Fofo toda vida e gostei da estória, bem interessante.. Gostei bastante.

Sinopse: Sara (Cameron Diaz) e Brian Fitzgerald (Jason Patric) são informados que Kate (Sofia Vassilieva), sua filha, tem leucemia e possui poucos anos de vida. O médico sugere aos pais que tentem um procedimento médico ortodoxo, gerando um filho de proveta que seja um doador compatível com Kate. Disposto a tudo para salvar a filha, eles aceitam a proposta. Assim nasce Anna (Abigail Breslin), que logo ao nascer doa sangue de seu cordão umbilical para a irmã. Anos depois, os médicos decidem fazer um transplante de medula de Anna para Kate. Ao atingir 11 anos, Anna precisa doar um rim para a irmã. Cansada dos procedimentos médicos aos quais é submetida, ela decide enfrentar os pais e lutar na justiça por emancipação médica, de forma a que tenha direito a decidir o que fazer com seu corpo. Para defendê-la ela contrata Campbell Alexander (Alec Baldwin), um advogado que cuidará de seus interesses.


Beijossssssss
┌──»ʍi૮ђα

4 comentários:

Lulu on the sky disse...

Oi Mi,
Os livros que você comprou eu não conheço. Já vi Noivas em Guerra e achei bobinho. Fiquei curiosa em ver esse Ring Of Fire, mas acho q nada supera Johnny e June.
big beijos

Andreia B. disse...

Dos filmes conheço só o primeiro e o último! :)

Fiquei curiosa com os outros... livros... gente eu to uma preguiça pra ler! Credo! Tenho que melhorar isso urgentemente!

Luana Rodrigo disse...

nao conheço os livros mas fiquei bem animada para ler!!!
e os filme ja assisti quase todos!
valeu pelas dicas
beijos

Fernanda Mouta Guaranha disse...

Amei as dicassssssss, o se eu ficar eu vi o filme e agora to curiosa pra ler a continuação! rsrs
Noivas em guerra é bem assim mesmo na vida real, aff né? rsrs


bjs

fernandamouta.blogspot.com