Páginas

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Dia das Mães e Show do Eddie (Wine) Vedder

Domingo foi um dia especial: dia das mães e dia do tão esperando show solo do Eddie Vedder. Fizemos um churrasco aqui em casa e os pais e irmão de Con também vieram. 


Tão fofo meu afilhado, a foto que dei no porta retrato (pras 3 mães: a minha, minha irmã e Con) tinha foto da mãe com seus filhos, a da minha mãe só tinha nós 3, Hugo perguntou: cadê eu? Coloca uma 3x4 minha. Ohn, que dó. Falei pra tirarmos uma que no dia seguinte revelaria pra substituir aquela. E assim fiz! O porta retrato ficou assim:


Até eu ganhei presente de mãedrinha, do afilhado da minha vida. Foi uma tarde agradável e feliz!





E pra fechar um dia tão especial com chave de ouro, eu, minha irmã e Africana (nossa amiga irmã), fomos pro show solo do Eddie Vedder no Citibank Hall.

Ansiosas pelo início do show

 Eu sou apaixonada por ele, pela voz, pelo comportamento, postura, e pela beleza também (que sou casada mas não sou de ferro). E que show delicioso!!!

 Eu e minha irmã no ônibus da caravana que sempre vamos aos shows, desde 1993.

O show de abertura foi uma coisa surpreendentemente deliciosa, com o cantor de folk Glen Hansard, que depois voltou ao palco algumas vezes para cantar com Eddie.

Glen e Eddie no bis - único momento
que todos tiraram câmeras e celulares das bolsas e bolsos

Eddie conseguiu se tornar mais apaixonante ainda, coisa que imanei não ser possível. Conversor com o público o tempo todo, cheio de humor, falou que queria ser sequestrado e ficar numa casa perto da praia e só ir embora depois da Copa do Mundo e por aí vai. Sem falar que me senti num acampamento, com as estrelas ao fundo e uma fogueira para aquecer (e precisava?), com um amigo mega gato e com uma voz deliciosa cantando músicas apaixonantes. Foram mais de 2 horas de show, com 30 músicas e muito papo.

Peguei essa foto no google imagens, desconheço autoria

Agora tô vivendo aquele momento de saudade extrema. Ai ai!!!

Abaixo, a lista com todas as músicas tocadas ontem (11/5), no Rio:

1- Brain Damage
2- Sometimes
3- Trouble
4- Good Woman
5- Thumbing My Way
6- Can’t Keep
7- Sleeping By Myself
8- Goodbye
9- Light Today
10- I Am Mine
11- Better Man
12- Far Behind
13- Setting Forth
14- Guaranteed
15- Long Nights
16- You’ve Got to Hide Your Love Away
17- I Believe in Miracles
18- Immortality
19- The Needle and the Damage Done
20- 4th of July
21- Just Breathe
22- Elderly Woman Behind the Counter in a Small Town
23- Sleepless Nights
24- Society
25- Present Tense
26- Falling Slowly
27- Should I Stay or Should I Go
28- Porch

Bis

29- Hard Sun
30- Dream a Little Dream of Me


Beijosssssssssssssssss
┌──»ʍi૮ђα

5 comentários:

Carla Renata Galassi disse...

Parei no Rafaello..kkkkkk... show tudo de bom... Micha e suas festanças..rs.. bjokas e sucesso nega

Dany disse...

Ai, cantou Better Man! Morri!
Eu imaginei que fosse ser lindo...

Fabi Lange Brandes disse...

ó meu Deus, que delíciaaa
:)
adorei tudo tudo tudo

Fabi Lange Brandes disse...

ó meu Deus, que delíciaaa
:)
adorei tudo tudo tudo

Luma Rosa disse...

Oi, Micha!
Fiquei na maior dor de cotovelo por não ter ido nesse show!
Ficou ótimo o porta-retrato! Uma ocasião para ser sempre lembrada!
Parabéns para sua mamis e também para você por ter um afilhado tão amoroso!
Beijus,