Páginas

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Livro: Elvis

Quando terminei de ler o livro do Johnny Cash e entrei no google pra procurar a capa e sinopse pra colocar aqui no blog, vi que o mesmo autor-desenhista tinha organizado um livro no mesmo estilo, sobre o Elvis. Comprei na hora!!! E na minha última 5a. feira de folga (dia 09/02), aproveitei pra ler. Mais um que devorei no mesmo dia, ele é curtinho, delicioso e maravilhoso. E dá uma pena que acaba rápido demais.

Ao ver a última página, onde estava escrito: Elvis has left the building, abracei o livro e dei um suspiro fundo. As lágrimas vieram e fiquei ali, abraçada ao livro, como se de alguma forma eu pudesse fazê-lo voltar. Coisa de doido!!!

Elvis, organizado por Reinhard Kleist e Titus Ackermann
127 páginas.


Sinopse: Reinhard Kleist, autor da premiada obra Johnny Cash - uma biografia - fez com o objetivo de criar um memorial desenhado, uma obra-prima em quadrinhos inteiramente dedicada ao Rei do Rock.
O resultado faz mais do que jus a Elvis. O livro aparece quase como o "elo perdido" que ainda faltava para completar o conjunto entre sua obra e todas as publicações biográficas sobre sua vida. (...) Para os fãs de Elvis Presley, ELVIS tornou-se, em todos os países onde foi publicado, livro obrigatório para os que desejam conhecer a vida repleta de lances dramáticos desse que se tornou um dos mais emblemáticos artistas do século XX.
O livro é todo marcado por músicas de Elvis ou cantadas por ele, em pouco tempo o leitor já está com as músicas tocando na cabeça enquanto lê. O capítulo final é marcado pela música Amazing Grace, "tocada" na voz de Elvis, o que o torna ainda mais emocionante.

Capítulos e autores:
De Tupelo para Memphis (1935-1949), Søren Mosdal
"Diferente dos outros" (1950-1954), Nic Klein
O Colonel (1955-1957), Thomas von Kummant
G.I. Blues (1958), Reinhard Kleist
Elvis is Back (1959-1960), Isabel Kreitz
O Produto Elvis (1960-1967), Reinhard Kleist
A Máfia de Memphis, Michael Meier
Separate Ways (1972), Tim Dinter
Aloha from Hawaii (1973-1977), Uli Oesterle
I did it my way... (1977), Frank Schmolke

Beijosssssssssssssssss
┌──»ʍi૮ђα

11 comentários:

Lucimere disse...

Tipo eu quero ler os dois... amo Johnny Cash e o Rei, o Elvis, tb. (Tah dublado, neh, pelo menos parece... vou conferir)... Eu entendo bem essa pena de ler rápido demais... rsrs. bjos.

Magui disse...

Não entendi: O livro é de quadrinhos? Tem música? Comprou aonde?
Vc sabe que isso me interessa ainda mais que te emocionou.

Magui disse...

Desculpe.Eu fui clicando nas suas informações.Já conhecia este livro. Que bom que vc gostou. A vida de Elvis enseja muitas versões.Por isso é imortal.

Bia disse...

Cara, toda vez que leio O pequeno príncipe eu me emociono!
Tive essa sensação de livro pequeno DEMAIS com Divã, é SUPER DUPER gostoso de ler! Já leu?
Achei linda essa capa!

Ana Paula disse...

Lembro quando você leu o outro, que bom que gostou. Amo livros assim que quando acabam, tocam nossa alma

Dany disse...

Terminar um livro dá uma sensação estranha, né? Boa, mas saudosista...
Tô pensando em comprar o livro do Johnny Cash. ADORO!!!

Lulu on the sky disse...

Existem livros que a gente se identifica mais. Aliás ontem lembrei de você, consegui pegar um pedaço do Johnny & June na Fox. Chegou ver?
Saudades Mi.
Big Beijoooooooooos

Meu emagrecimento disse...

Adoro o Elvis.
Ele é uma dessas pessoas que não passaram pela terra em vão.
Deixou sua marca e um sentimento em nós de pura orfandade.
Beijinhos

mauriciocamargobrito disse...

Leiam "Elvis.Mito & Realidade". Foi escrito por um pianista brasileiro que esteve no show de Elvis em San Francisco em 29/11/1976
Pedidos mauriciocamargobrito@hotmail.com

Janinha disse...

Legal! Vou comprar pra mamy! Bjocas.

Janinha disse...

PS: em que site vc comprou???