Páginas

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Livros e Filmes: Setembro



Will e Will: quando comecei a ler o 2o. capítulo percebi que não era escrito pelo John Green e fui buscar no google, aí vi que cada autor escreveu um capítulo alternadamente e que são duas estórias paralelas. Curti. Mas o que era todo em letra minúscula me deixou um pouco agoniada, podia ter sido escrito em itálico, sei lá, mas gostei muito do modo de escrever do David Levithan também e já quero ler algum livro dele. Amei esse livro, mega divertido, me rendeu boas gargalhadas.

Sinopse: Em uma noite fria, numa improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra... Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E, aparentemente, apenas isso os une. Mas mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em um aventura de épicas proporções. O mais fabuloso musical a jamais ser apresentado nos palcos politicamente corretos do ensino médio.



Só por hoje e para sempre - diário do recomeço: Gostei bastante, eu curto ler livros em forma de diário e li em um dia (em poucas horas, é um livro pequeno). É para que em é fã do Renato e da Legião, para outras pessoas acho que não vai interessar nem um pouco. 

Sinopse: Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante esse período, o músico seguiu com total dedicação os Doze Passos, programa criado pelos fundadores dos Alcoólicos Anônimos, que incluía um diário e outros exercícios de escrita. É este material inédito que vem à tona depois de mais de vinte anos em Só por hoje e para sempre, graças ao desejo de Renato de ter sua obra publicada postumamente. Entremeando as memórias do líder da Legião Urbana com passagens de autoanálise e um olhar esperançoso para o futuro, este relato oferece a seus fãs, além de valioso documento histórico, um contato íntimo com o artista e um exemplo decisivo de superação.


Uma curva no tempo: Esse livro foi indicado pela Valéria (quem é blogueira das antigas lembra dela) e demorei a começar a ler; mas depois que comecei, foi difícil parar. Comecei ler a noite e só parei quando me dei conta que faltavam 5 horas para eu ir trabalhar e precisava dormir. E já voltei do trabalho correndo para finalizaá-lo. Amei! Amei! Amei!

Sinopse: A noite do acidente mudou tudo... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel está desmoronando. Ela mora sozinha em Londres, num apartamento minúsculo, tem um emprego sem nenhuma perspectiva e vive culpada pela morte de seu melhor amigo. Ela daria tudo para voltar no tempo. Mas a vida não funciona assim... Ou funciona? A noite do acidente foi uma grande sorte... Agora, cinco anos depois, a vida de Rachel é perfeita. Ela tem um noivo maravilhoso, pai e amigos adoráveis e a carreira com que sempre sonhou. Mas por que será que ela não consegue afastar as lembranças de uma vida muito diferente?

O diário secreto de Lizzie Bennet: demorei a engrenar na leitura, mas é uma livro legal, gostoso de ler, em forma de diário.

Sinopse: Uma adaptação moderna de Orgulho e Preconceito, baseada na série The Lizzie Bennet Diaries. Lizzie Bennet é uma jovem estudante de comunicação que resolve fazer um vlog como projeto para a faculdade, postando vídeos em que reflete sobre sua vida e a de suas irmãs. Quando dois amigos ricos e charmosos chegam à cidade, as coisas começam a ficar mais interessantes para as irmãs Bennet - e para os seguidores de Lizzie na internet.
De repente, Lizzie - que sempre se considerou uma garota bastante normal - se torna uma figura pública. Mas nem tudo acontece diante das câmeras. E, felizmente para nós, ela escreve um diário secreto...~ "O Diário Secreto de Lizzie Bennet é, com certeza, a melhor adaptação literária de Orgulho e Preconceito de todos os tempos. Um livro inteligente, muito divertido, muito Jane! Os amantes de Lizzie e Darcy precisam tê-lo na estante." - Carina Rissi, autora de Procura-se Um Marido e da série Perdida.



A garota do penhasco: livro lindo, com mais de 500 páginas, mas que se tivesse 24h disponíveis, leria num só dia. Tanto que em 2 terminei. Leitura deliciosa, lindo, lindo, lindo... já entrou pra lista dos meus favoritos e super recomendo.

Sinopse: A Garota do Penhasco é um romance que enreda o leitor através de vários fios: a história de Grania Ryan e sua querida Aurora Devonshire, a garota do penhasco, nos fala sobre mudança de vida. A história das famílias Ryan e Lisle é um lindo conto sobre um século de mal-entendidos e rancor entre inimigos que se acreditam enganados por falcatruas financeiras. O caso de amor entre Grania Ryan e Lawrence Lisle comove por sua delicadeza e força vertiginosa que culmina em imensa tristeza. Mas, sobretudo, A Garota do Penhasco é um livro que mostra como é possível encontrar uma finalidade, um propósito, quando todas as esperanças parecem perdidas.






De repente 30 (13 to 30): mais um dos que vejo toda vez que passa e estou de bobeira. Adoro demais! Fofo demais!

Sinopse: Jenna Rink (Christa B. Allen) é uma garota que está descontente com sua própria idade, já que seus colegas mais populares da escola não lhe dão atenção, seus pais ficam sempre no seu pé e o garoto por quem está apaixonada nem sabe que ela existe. A única amizade que Jenna possui é Matt Flamhaff (Sean Marquette), seu vizinho. Para tentar reverter a situação Jenna decide por ter uma grande festa para o seu 13º aniversário, convidando todos os adolescentes que conhece. Porém o que deveria ser sua consagração se transforma num grande desastre, após Jenna ser trancada em um armário devido a uma brincadeira e ser completamente esquecida pelos demais presentes na festa. Triste, Jenna faz um pedido: virar adulta de repente, para ter a vida com que sempre sonhou. O pedido milagrosamente se torna realidade e, no dia seguinte, Jenna (Jennifer Garner) desperta em 2004 e com 30 anos de idade. De início Jenna fica assustada com as novidades de sua vida, mas aos poucos fica cada vez mais encantada por ter se tornado tudo aquilo que sempre sonhou ser. Porém, quando tenta reencontrar Matt (Mark Ruffalo), Jenna descobre que perdeu contato com ele há vários anos e que agora ele está prestes a se casar.


Sinopse: Após perder o marido e o bebê em um acidente de carro, Adeline (Alice Taglioni) decide se isolar do resto do mundo. Até que, um dia, sua empregada chinesa desaparece, deixando para trás um menino de seis anos, que não fala uma palavra de francês. Com a ajuda de sua irmã Delphine (Virginie Efira), ela decide embarcar em uma viagem em busca da tal mulher. Só que ela não contava que ia se apegar ao pequeno garoto.





Curtindo a vida adoidado (Ferris Bueller's Day Off): esse já vi trocentas vezes desde minha adolescência, sei as falas de cor e salteado, e toda vez que passa e tô de bobeira, eu vejo. E o legal é que afilhado também se amarra e vimos juntos, mai uma vez.

Sinopse: No último semestre do curso do colégio, Ferris Bueller (Matthew Broderick) sente um incontrolável desejo de matar a aula e planeja um grande programa na cidade com sua namorada (Mia Sara), seu melhor amigo (Alan Ruck) e uma Ferrari. Só que para poder realizar seu desejo ele precisa escapar do diretor do colégio (Jeffrey Jones) e de sua irmã (Jennifer Grey).



Páginas do amor(A Novel Romance): filme típico da sessão da tarde, vi e gostei. Previsível e fofo!

Sinopse: Liam, um grande escritor de romances, enfrenta um bloqueio de criatividade para um próximo trabalho. Pensando em um descanso, ele faz uma pausa ao viajar para Portland, onde se apaixona pela crítica de livros, Sophie. Ao saber da vida amorosa passada de Sophie com um astro do esporte, Liam decide manter sua identidade oculta. Mas uma hora ele terá de revelar sua verdadeira identidade.



Mudança de hábito (sister act): esse é outro que adoro e vejo sempre que passa. Diversão garantida! Sem falar que adoro as músicas e fico cantando amarradona.

Sinopse: Em Reno, Nevada, Deloris Van Cartier (Whoopi Goldberg) é uma cantora que acidentalmente testemunha um brutal assassinato cometido pelo seu namorado, Vince LaRocca (Harvey Keitel), um gângster. Enquanto tentam capturar Vince, um detetive, Eddie Souther (Bill Nunn), é encarregado de protegê-la. Deloris é colocada no programa de proteção às testemunhas e é mandada para um convento em São Francisco disfarçada de freira, usando o nome de irmã Mary Clarence. Mas seu jeito extrovertido, que não é aprovado pela Madre Superiora (Maggie Smith), acaba fazendo ela dar uma nova vida ao coral, chamando a atenção das pessoas e de Vince.




Beijossssssss
┌──»ʍi૮ђα

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Bienal do livro 2015



5a. feira passada, 10/09, fui à Bienal do Livro com meu amigo de trabalho e minha irmã. Foi a 1a. vez que fui, pois é muito longe de casa e contra mão também (Rio centro - como chegar), só de carro mesmo*. Aproveitei o convite do amigo e lá fui eu! Fiz o credenciamento previamente para evitar fila e vale a pena! Na ho

Isso já contando da subida da ponte

Seguindo as dicas que li, fui de roupa confortável, tênis e de mochila bolsa com rodinhas pois o lugar é imenso, anda-se muito e carregando peso, não rola. Pra ter uma noção, olha o mapa do lugar:



Depois saímos caçando o lugar para almoçar, pois depois de 3 horas para chegar ao local (DE CARRO!!!), estavámos famintos. Comemos no Texas Grill e gostamos muito. 



E também comemos doce mais tarde, delicioso demais (o meu é o torta de limão/doce de leite com granulado):





Depois bora zanzar para ver as novidades, com pausas para compras de livros quando víamos algum stand que nos chamava atenção. O Maurício de Souza foi homenageado pelos 80 anos de idade e o espaço tava lindo.



O espaço infantil (Bamboleio) também era lindo, todo coloridão.


Os stands todos decorados com muito capricho, os espaços... Amei!



O saldo da Bienal foi esse:

Nas sacolas, livros da minha irmã
E na foto abaixo a direita, os brindes que ganhei

Comprei essa fofura de passaporte no stand da Pé da Letra:




Comprei 2 livros no stand da Emergir livros:



Comprei 5 e ganhei um (que está na foto de livros que vou dar de presente) no stand do Projeto Mais Leitura, onde os livros novos custam entre 2 e 4 reais. Tanto que paguei 13 reais em todos esses:



Queria visitar o stand da Novo Conceito especialmente para tirar foto nesse banner do skoob (que uso muito, amo e troco muitos livros por ele), me deparei com uma linda árvore de livros e ainda comprei 2 livros:



A Top Livros tinha dois stands gigantescos, um com tudo por 5 reais (dei uma fuxicada, mas não me interessei por nada) e outro com tudo por 10 reais (inclusive o livro que está com etiqueta de 24,90), onde comprei 5 (2 para presente):


Esses 4 comprei para dar de presente (só o do meio não foi comprado em nenhum dos stands acima, e sim no da Arqueiro, mas foi o único que comprei por lá):



Leia mais: Pratelivro - dicas de compras, G1 - saldões fazem sucesso, livreiro cultural - dicas bienal, Vida de viajete - bienal com crianças, Livro da Jess - dicas de compras na bienal, Geek Freank - dicas bienal.

* Li no blog livreiro cultural a seguinte dica: A melhor opção que eu descobri foi ir para o shopping Nova America em Del Castilho e de lá pegar o ônibus 613 que vai super rápido até o local.E chegar até o Nova América é simples, é só pegar o metrô,prático pra quem vai tanto da zona norte quanto da zona sul.

Rio Centro
Av. Salvador Allende, 6555 - Barra da Tijuca
Horário da Bienal: 10h às 22h durante a semana. 9h às 22h fins de semana.
Ingresso: R$16,oo (inteira) e R$8,00 (meia)

obs.: Se alguém aqui tiver skoob e quiser me adicionar, meu perfil é esse aqui.

Beijossssssss
┌──»ʍi૮ђα

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

BH: dia 3

Nosso 3o. e último dia seria curto e caía na 2a. feira, onde poucos lugares abrem para visitação, então deixamos para ir por último nos locais que abrem neste dia da semana. Começamos o dia no Mercado Central, que dentre os que conheço (Salvador e Chile), é o que mais gostei. Vende de tudo, de doce de leite e queijo, a cachaça e pimenta, além de artesanatos, flores, essencias...Fizemos uma comprinha básica também e super vale a pena. E comemos um delicioso pão de queijo recheado com BACON!!!





Continuamos o Circuito Cultural da Liberdade, e fomos visitar a Casa Fiat de cultura, que também é bem moderna e tava com exposição de artistas italianos. Gostei muito!!!!





Uma coisas que gostei muito foi a biblioteca pública ser linda e bem localizada (mas com muitos moradores de rua na sua marquise). Outra coisa que achei bacana foi que nos pontos de ônibus da Praça da Liberdade (não reparei em outros que passei durantes as caminhadas) têm um bolsão plástico para troca de livros (apesar que os que vi estavam sem livro nenhum). O projeto se chama Ponto do Livro.



Depois fomos ao Prontto, um bar fofo que fica na rua atrás do hotel. Lá tem cervejas artesanais no sistema self service. Cada um pega a sua, abre e senta na mesa, o que faz com que se seinta em casa total. Tomamos a tangerine, em homenagem a música do Led Zeppellin. Muito boa! E também provamos a Madalena, deliciosa também. Além de pão de queijo, claro.




Fizemos o check out do hotel e fomos almoçar na famosa Pão de queijaria, uma casa de pão de queijo mega fofa e deliciosa! Eles fazem hamburguer com pão de queijo no lugar do pão e servem com salada e/ou polenta frita (Nós pedimos os dois acompanhamentos, e dividimos). Tem uns shakes deliciosos também. Tudo muito bom!




E aí foi pegar o ônibus executivo rumo ao aeroporto e voltar para casa feliz!



Mercado Central
Endereço: Avenida Augusto de Lima, 744 - Centro
Telefone: 31 3274-9434 / 31 3274-9497 / 31 3277-4691
Horário de Funcionamento: 2ª a sáb. das 7h às 18h, dom. e feriados das 7h às 13h.


---
Prontto Delícias Express
Endereço: Rua Gonçalves Dias, 1488 - Lourdes
☎ 3214-3563. 9h30/22h30 
https://www.facebook.com/prontto

---
MM Gerdau - Museus das Minas e do Metal
Endereço: Praça da Liberdade, s/n° - Funcionários (Prédio Rosa)
Telefone: 31 3516-7200
Horário de Funcionamento: 3ª a dom. das 12h às 18h, 5ª das 12h às 22h.
---

Leia mais: Wikipedia - Mercado Central, Veja BH - Prontto, R7 notícias - Ponto do livro.
Beijosssssssssssssssss
┌──»ʍi૮ђα

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Viagem: BH - Dia 2

Domingo é dia da famosa Feira Hippie de BH e foi lá que começamos o nosso dia. A feira começa às 7h e as recomendações que li era para chegar cedo. Fomos caminhando ladeira abaixo, o início da feira fica na direção da rua do hotel, é só seguir reto.



Voltamos ao hotel pra deixar as compras (blusas, doces, presentes pra nossas mommys...) e voltamos para ir ao Parque Municipal, que fica na boca da feira. Fizemos como os mineiros, compramos um feijão carreteiro com couve e torresmo e comemos sentados no parque. Tava maior galera fazendo isso!!!



Depois ficamos andando pelo parque, que é grande e muito bonito. Tem bastante área para criança, parque de diversões, muito legal mesmo.







Nosso hotel ficava a 200 metros do Circuito Cultural da Liberdade e fomos fazer uma parte dele. Fomos ao Museu Mineiro, que só a casa em si já vale a visita de tão linda.



Depois fomos ao Museu das Minas e do metal, que é maravilhoso demais e super recomendo. Todo moderno, interativo, lindo e cheio de pedras preciosas. Além de ser uma verdadeira aula de geologia e química.




Em seguida fomos ao CCBB, onde participamos de uma divertida visita teatralizada, onde voltamos no tempo e aprendemos sobre a história do prédio que abriga o centro cultural.







Daí fomos fazer um lanche no café com letras, que fica no pátio do CCBB. Ele é todo decorado com placas antigas divertidas. Comemos um delicioso pão de queijo recheado com mussarela de búfala e tomate seco. Só fiz comer pão de queijo nessa viagem. Um melhor que o outro.



Esses museus todos ficam em volta da Praça da Liberdade, que é muito bonita também.




Depois eu e Con fomos à Basílica de Lourdes para ele conhecer. Achou linda demais também!


A noite caiu a típica chuva e ficamos no hotel. Também, não aguentava mais andar.


Beijosssssssssssssssss
┌──»ʍi૮ђα