Páginas

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Autores Preferidos: John Green

Meus livros do John

Li a sinopse de A culpa é das estrelas e resolvi comprar, assim conheci John Green, que virou meu queridinho em poucas horas, temos que levei para devorar o livro. Aí bateu a curiosidade de ler os demais livros dele e assim fiz, e fui me apaixonando mais e mais a cada livro lido. Doida para ele lançar o próximo.

A culpa é das estrelas: Esse livro é simplesmente maravilhoso demais. (Eu leria até a lista de compras do John Green - piada interna, quem ler o livro, entenderá). É apaixonante e devorei cada página apaixonadamente. É fofo por demais, desde o título até a última página. Já entrou pra lista dos meus preferidos e dos poucos livros que vou guardar (eu dou a maioria deles). RECOMENDO! (Terminei de ler em 16/01/13).


Sinopse: A culpa é das estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteosarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer - a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas.


Cidades de papel: definitivamente amo John Green, sua narrativa que prende, seus amores adolescentes e o seus finais surpreendentes. (Terminei de ler em 13/06/15).

Sinopse: Quentin Jacobsen nutre uma paixão platônica pela vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman desde a infância. Naquela época eles brincavam juntos e andavam de bicicleta pelo bairro, mas hoje ela é uma garota linda e popular na escola e ele é só mais um dos nerds de sua turma. Certa noite, Margo invade a vida de Quentin pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola, esperançoso de que tudo mude depois daquela madrugada e ela decida se aproximar dele. No entanto, ela não aparece naquele dia, nem no outro, nem no seguinte. Quando descobre que o paradeiro dela é agora um mistério, Quentin logo encontra pistas deixadas por ela e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele pensava que conhecia.



O teorema Katherine: Achei o Colin uma figura, meio chato porém engraçado. Mas o seu amigo Hassan que é divertido. (Terminei de ler em 29/07/15).

Sinopse: Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam. Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. Ou, pelo menos, é isso o que ele espera.


Quem é você, Alasca?: mais um dos livros maravilhosos do John Green, gostei tanto quanto A culpa é das estrelas. Devorei. Livro pra ler em uma pegada só, super cativante, divertido. Apaixonada pelo John Green definitivamente!!!  (Terminei de ler em 31/07/15).

Sinopse: Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras que, cansado de sua vidinha pacata e sem graça em casa, vai estudar num colégio interno à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava à beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young, uma garota inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, que o levará para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez".


Will e Will: quando comecei a ler o 2o. capítulo percebi que não era escrito pelo John Green e fui buscar no google, aí vi que cada autor escreveu um capítulo alternadamente e que são duas estórias paralelas. Curti. Mas o que era todo em letra minúscula me deixou um pouco agoniada, podia ter sido escrito em itálico, sei lá, mas gostei muito do modo de escrever do David Levithan também e já quero ler algum livro dele. Amei esse livro, mega divertido, me rendeu boas gargalhadas.


Sinopse: Em uma noite fria, numa improvável esquina de Chicago, Will Grayson encontra... Will Grayson. Os dois adolescentes dividem o mesmo nome. E, aparentemente, apenas isso os une. Mas mesmo circulando em ambientes completamente diferentes, os dois estão prestes a embarcar em um aventura de épicas proporções. O mais fabuloso musical a jamais ser apresentado nos palcos politicamente corretos do ensino médio.


Não deixe a neve cairsão 3 estórias natalinas que se cruzam, cada uma escrita por um autor, e amei as 3 e achei bem legal mesmo.

Sinopse: Na noite de natal, uma inesperada tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para insuspeitos encontros românticos. Em Deixe a neve cair, bem-sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. Comédia romântica com a assinatura de um dos maiores bestsellers da atualidade, o livro é o presente de Natal perfeito para os fãs de John Green e de histórias de amor e aventura.


obs.: Se alguém aqui tiver skoob e quiser me adicionar, meu perfil é esse aqui.

Beijossssssss
┌──»ʍi૮ђα

3 comentários:

Angela Daniele disse...

Do John Green só li A culpa é das estrelas, por enquanto. Tenho vontade de ler: O teorema Katherine e Deixe a neve cair.

Eu gostei muito da forma de escrita dele, me cativou nesse único livro que eu li. Mas dei uma "pausa" porque tenho vários outros aguardando a vez na minha estante!rs

Beijo!

euleitora.com.br

Carla Renata disse...

eu tbem só li a culpa eh das estrelas.. mas anotando as dicas..rs.. bjokas e sucesso nega

Luana Rodrigo disse...

to doida por todos os livros dele!
so tenho o A culpa e das estrelas!
mas todas as pessoas que leram adoraram! e to doida!!!!!
BEIJOS AMORE